Volvo apresenta pacote de conectividade e serviços para ônibus

Volvo apresenta pacote de conectividade e serviços para ônibus

Os veículos totalmente autônomos estão longe de ser uma realidade prática, principalmente aqui no Brasil mas, aos poucos, algumas destas tecnologias, as de nível 2, começam a fazer parte dos veículos comerciais.

Agora, foi a vez da Volvo Bus anunciar o seu Sistema de Segurança Ativa (SSA), um conjunto de tecnologias para ônibus rodoviários. Com o uso de radares e câmeras, o SSA é um pacote de novos recursos que incluem avisos visuais e sonoros contra colisões frontais (Forward Collision Warning), aviso de mudança involuntária de faixa (Lane Keeping Support) e freio de emergência automático em caso de risco iminente de colisões frontais (Emergency Brake).

“O SSA é um conjunto de recursos de segurança que o veículo terá, incluindo um radar e uma câmera para identificar veículos e obstáculos à frente dos ônibus”, complementa Ewandro Dallagnol, engenheiro de vendas da Volvo Bus no Brasil. A solução da Volvo é dirigida para todas as configurações de chassis rodoviários da marca – 4×2, 6×2 e 8×2. O operador de ônibus pode optar a partir de agora por um dos dois pacotes de segurança customizados pela Volvo.

O pacote 1 inclui um sistema de aviso de mudança de faixa involuntária (Lane Keeping Support), que alerta o motorista caso o veículo saia da faixa de rodagem em virtude de um descuido ou desatenção); um dispositivo para emitir avisos visuais e sonoros contra possíveis colisões frontais (Forward Collision Warning), também em caso de sonolência ou descuido; um freio de emergência automático em situações de risco iminente de batidas frontais (Emergency Brake), acionado se o motorista não tomar nenhuma ação para parar o ônibus; e pelo piloto automático de segunda geração (Adaptive Cruise Control), um sistema que mantém um distanciamento previamente definido pelo condutor do veículo à frente.

Já o pacote 2 contempla todo o pacote 1, mais duas avançadas tecnologias – o Heads Up Display, uma faixa vermelha de Led que aparece no para-brisas para uma visualização mais fácil do condutor da existência de um risco de impacto com outro veículo, e o Vibration Seat, banco do motorista com recurso vibratório, para avisar o condutor de um risco de impacto com outro veículo.

Serviços conectados

A Volvo também apresenta novos serviços baseados em conectividade. É o caso do Volvo Connect (aplicativo gratuito para smartphones que ajuda o operador a gerir a frota de ônibus), I-Coaching (treinador virtual que ajuda o motorista a dirigir de forma mais econômica e segura) e o Volvo Recomenda (novo serviço que utiliza a conectividade para indicar a necessidade de troca de peças).

O Volvo Connect é um dos maiores destaques. É um aplicativo gratuito para smartphones que ajuda o operador a gerir a frota de ônibus. A nova ferramenta estará disponível a partir de dezembro deste ano, garantindo acesso às principais informações dos veículos, como o consumo de combustível, desempenho por chassi, quilometragem e uma série de outros dados. “Conhecer os resultados e o desempenho dos ônibus é um passo importante para planejar melhor a operação e reduzir o consumo de combustível”, afirma Gilberto Vardânega, diretor comercial da Volvo Bus no Brasil

Outra novidade de segurança é o Serviço de Controle de Velocidade por Conectividade, agora também disponível para ônibus rodoviários. Por meio de monitoramento remoto e geolocalização, o sistema consegue programar à distância um limite de velocidade em áreas específicas, como em curvas perigosas ou descidas sinuosas de serra, por exemplo.

Cercas eletrônicas

A tecnologia funciona por meio de “cercas eletrônicas virtuais”. Através de conectividade e geolocalização, o sistema identifica, em tempo real, quando o veículo se aproxima de pontos críticos nas rodovias, pré-definidos pelas empresas transportadoras, e limita a velocidade de acordo com o valor programado pelo gestor do sistema. “Numa curva perigosa, por exemplo, mesmo que o motorista acelere, o ônibus não ultrapassará a velocidade segura determinada previamente”, assegura Vinícius Gaensly, gerente de serviços conectados em ônibus da Volvo. O sistema pode ser programado para restringir a velocidade em qualquer trecho da rota, como ao entrar em trechos urbanos, dentro de terminais rodoviários, próximo a escolas, praças de pedágios, postos de parada, garagens dos clientes, descidas de serra sinuosas etc.

Conectividade para evitar acidentes

O suporte ao motorista para redução de velocidade em pontos críticos é uma antiga demanda das empresas de ônibus. “Há anos a Volvo trabalha nisso. Temos um intenso programa de treinamento de motoristas com foco em comportamento seguro. Editamos também o ‘Atlas da Acidentalidade’, publicação periódica que mostra quais são os pontos de mais acidentes nas rodovias federais. E agora estamos passando a utilizar nossa tecnologia de conectividade para ajudar a evitar acidentes”, declara Gilberto Vardânega.

Em todo o mundo o Grupo Volvo tem mais de 600 mil veículos conectados, entre caminhões, ônibus e equipamentos de construção, tornando-se referência mundial nesta área. “Há muitos anos a Volvo usa a conectividade para monitorar seus ônibus e extrair eficiência máxima dos veículos. Agora estamos indo além, interagindo remotamente com eles, alterando funções em tempo real, agindo e atualizando ativamente módulos eletrônicos”, afirma Vinícius Gaensly.

I-Coaching

Outra novidade é o lançamento do I-Coaching, um treinador virtual que ajuda o motorista a dirigir de forma mais econômica, segura e com conforto para os passageiros, se tornando o melhor amigo dos motoristas. É um equipamento que monitora o modo pelo qual o veículo está sendo conduzido: se está acima da velocidade permitida, se foram feitas frenagens ou curvas bruscas, o sobregiro e a marcha lenta, entre outras situações.

O transportador controla totalmente a maneira como os veículos são utilizados, uma vez que os dados registrados servem de indicadores para melhorias que devem ser feitas para reduzir o consumo de combustível e o desgaste de peças. “O resultado do comportamento de condução é mostrado em tempo real para o condutor, dando um feedback ao motorista no mesmo momento que é realizada alguma eventual operação inadequada. É como se o motorista tivesse um treinador 100% do tempo ao seu lado, indicando a maneira mais eficiente e segura de dirigir.” diz Vinicius Gaensly, gerente de serviços conectados da Volvo Bus LA. Se o ônibus permanecer por muito tempo em marcha lenta, por exemplo, o condutor recebe um sinal sonoro e é avisado por uma luz no painel indicando a situação.

Volvo Recomenda

Outro serviço inovador é o Volvo Recomenda, que ajuda os clientes a cuidar ainda melhor de seus veículos indicando o momento exato da necessidade da troca de uma peça. Exclusivo da marca, o sistema lê diariamente a quilometragem dos ônibus através da plataforma Volvo de Conectividade. A partir daí, analisa na base de dados a necessidade de troca de componentes conforme a quilometragem, para aquele modelo exato de veículo, que está naquela operação especifica.

O cliente recebe uma proposta automaticamente, exatamente com as peças a serem substituídas naquele momento, para aquele veículo específico. Após o aceite, o concessionário Volvo já envia as peças diretamente ao frotista. “Tudo é feito utilizando conectividade e tecnologia, via e-mail, de forma proativa e de forma customizada para cada chassi e cliente”, destaca Gaensly.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta