ZF apresenta protótipo de sistema de direção elétrica para caminhões e ônibus automatizados

ReAX EPS

Durante o evento ZF Technology Day, realizado em Friedrichshafen, na Alemanha, a ZF apresentou o ReAX EPS, o primeiro protótipo do mundo de um sistema de direção totalmente elétrica para veículos comerciais, que dispensa o sistema hidráulico e periféricos. Seu potente motor elétrico, que chega a 70 Nm, fornece servoassistência total. Além disso, o sistema de direção eletricamente assistida da ZF (EPS – do inglês “Electrically Powered Steering”) foi projetado para futuramente dar suporte a aplicações do tipo “steer-by-wire”. A direção totalmente elétrica é essencial para sistemas avançados de assistência ao motorista (ADAS) e funções de condução automatizada, que podem aumentar a segurança, reduzir o estresse do motorista e melhorar o fluxo da logística. A direção ReAX EPS, quando comparada com sistemas convencionais de direção hidráulica, tem menor peso e requer menos espaço para instalação.

O maior número de caminhões transitando pelas grandes áreas metropolitanas para fazer entregas de pedidos online, além das crescentes restrições à circulação de veículos com motor à combustão nos centros urbanos aumentam as tendências de transporte elétrico sem emissões. Isso impactará fortemente o segmento de veículos comerciais. O mesmo vale para a condução automatizada. Funções como a formação de comboio (também conhecida como “platooning”) ajudam a reduzir os congestionamentos e aumentam a segurança geral. “Com a ReAX EPS, estamos apresentando o protótipo de um sistema de direção para veículos comerciais que irá facilitar e agilizar o avanço da eletrificação, incluindo fontes de alimentação de energia de 48 V a bordo dos veículos e opções de ‘steer-by-wire’”, explica Mitja Schulz, Head da unidade de sistemas de direção para veículos comerciais da ZF. “E tudo isso com a máxima eficiência e confiabilidade”, acrescenta.

Puramente elétrica

A ZF desenvolveu a ReAX EPS a partir de seu conceito de direção eletromecânica para carros de passeio e adaptou a tecnologia para todos os tipos de caminhões e ônibus. Ela vem equipada com uma unidade de controle integrada, transmissão e sensores. Apesar de seu tamanho compacto, um sistema de atuadores acionado por um motor elétrico de 70 Nm é o componente essencial que fornece mais potência para alcançar o torque necessário de direção exigido pelos veículos comerciais – dispensando totalmente um sistema adicional de bomba hidráulica. Além de retirar um consumidor de energia do veículo, a tecnologia também elimina a necessidade do motor à combustão ou elétrico ter que acionar uma bomba.

Alto desempenho com baixo consumo

“Após os primeiros testes, podemos dizer que a direção ReAX EPS é mais eficiente que o nosso avançado sistema eletro-hidráulico, além de pesar muito menos”, afirma Schulz. A unidade compacta cria mais espaço no veículo para instalação e estruturação de outros sistemas como acionamentos elétricos que interagem com a nova direção. A ReAX EPS é perfeitamente adequada para utilização com funções de condução automatizada, pois o giro das rodas dianteiras pode ser ativado exclusivamente pelo controle do atuador eletromecânico, independente dos movimentos do volante.

Seguindo a linha “Ver – Pensar – Agir” da ZF, a direção ReAX EPS é um componente fundamental para o sistema que possibilita aos caminhões e ônibus “agir”. Integrado a unidades de controle eletrônico, como o ZF ProAI, sensores ambientais e outros sistemas veiculares, o sistema de direção inteligente foi desenvolvido para realizar diversas tarefas – do controle dos movimentos laterais à condução automatizada do nível 4. Isso significa que o caminhão é capaz de esterçar sozinho em determinados trechos da rodovia ou em terminais de carga e descarga, para o motorista poder desempenhar outras atividades ou descansar.

A direção ReAX EPS também oferece suporte a funções integradas que proporcionam mais comodidade e segurança, incluindo o sistema de manutenção na faixa (LKA – do inglês “Lane Keeping Assist”), que ajuda a evitar que o veículo saia da pista. Além disso, a ReAX EPS integrou facilmente recursos conhecidos das linhas de veículos comerciais de série, como o retorno ativo do volante à posição central, compensação dos desníveis da estrada e ventos laterais, bem como servoassistência dependente da velocidade. Para completar, praticamente todas as sensações de direção podem ser programadas, seja como recurso da respectiva montadora ou como opção de seleção para o motorista.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta