VWCO anuncia investimento de R$ 110,8 milhões em mobilidade elétrica

e-delivery, caminhões elétricos no Brasil

A VW Caminhões e Ônibus (VWCO) anunciou o investimento de R$ 110,8 milhões para a expansão do negócio de caminhões elétricos no Brasil. A notícia foi revelada por Roberto Cortes, presidente e CEO da empresa no país, em São Paulo. O aporte conta com R$ 88,6 milhões financiados junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e recursos próprios, advindos do atual ciclo de investimentos de R$ 1,5 bilhão, anunciado pela montadora.

Esses recursos destinam-se à adaptação do centro de desenvolvimento e produção da VWCO em Resende (RJ), para a montagem do e-Delivery, e para pesquisa, desenvolvimento e lançamento do novo produto.

A empresa avança rápido no desenvolvimento de caminhões elétricos no Brasil: até o fim de 2019, dezessete protótipos do e-Delivery farão o maior teste de validação e avaliação de engenharia do Brasil, com objetivo de viabilizar a homologação e início da produção previsto para o segundo semestre de 2020.

“Estamos muito avançados no desenvolvimento do nosso portfólio elétrico. Alcançamos uma grande maturidade com o conceito modular para elétricos, o que vai nos possibilitar entregar o desempenho operacional exigido pelos nossos clientes. A fase agora foca na validação estrutural, de durabilidade e outros requisitos funcionais para, então, expandirmos nossos testes em parceria com clientes”, explica Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

O e-Delivery já passa por ensaios em condições reais de operação na distribuição de bebidas da Ambev em São Paulo.

Em um ano, o modelo rodou mais de 15 mil quilômetros em testes de engenharia e condições reais de aplicação, deixando de emitir mais de 11 toneladas de CO² e economizando o equivalente a mais de 3.300 litros de diesel.

e-Consórcio já produz frutos

O e-Consórcio, modelo de negócios que prevê desde a montagem até a infraestrutura de recarga e gerenciamento de ciclo de vida da bateria dos caminhões elétricos, já começa a mostrar seus resultados. Os protótipos de caminhões elétricos e-Delivery já trazem em sua configuração componentes de parceiros e fornecedores do e-Consórcio. Entre as novidades estão a bateria da CATL, o motor WEG e o módulo de controle da Bosch. Numa próxima etapa, será incorporado o eixo da Meritor.

Em paralelo, a Moura já conduz investigações sobre os processos logísticos enquanto a Siemens estuda a instalação de carregadores na fábrica da VWCO. Apoiando todo o processo, a Semcon tem atuado na montagem desses protótipos.

montagem do e-edelivey, caminhões elétricos no Brasil

A fabricação dos veículos ainda ocorre no centro de desenvolvimento de protótipos da montadora, enquanto avançam os acordos e preparativos para o começo da operação do e-Consórcio na fábrica da VWCO em Resende. A produção em série já tem data marcada: começa em 2020, com os e-Delivery.

O e-Delivery segue o conceito de arquitetura flexível que imprime maior velocidade à adaptação a diferentes plataformas de caminhões e ônibus Volkswagen.

Em caminhões, a configuração permite dividir o veículo em três módulos principais: módulo frontal (cabine e auxiliares), módulo central (baterias) e módulo traseiro (trem de força), além de poder também alterar a composição de cada módulo. Trata-se de um novo conceito para caminhão elétrico, visando flexibilizar sua construção e liberar mais espaço para baterias.  

Isso possibilita criar distintos arranjos e combinar diferentes módulos para derivar do veículo base, novos modelos elétricos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta