Em plataforma mundial, VW caminhões estreia no segmento de 3,5 ton.

Delivery Express

Com o lançamento, fruto de um investimento de mais de R$ 1 bilhão, a Volkswagen chega ao disputado mercado de 3,5 toneladas com o modelo chamado Express. O produto reúne os atributos de um caminhão grande num veículo pequeno, tais como espaço interno e robustez, com design moderno. O Delivery de 4 toneladas é outra grande aposta dentre os modelos de entrada da nova família, já que contará com financiamento via Finame.

 

Sob medida para entregas urbanas, o novo Delivery Express combina a agilidade dos automóveis em manobras rápidas à robustez dos caminhões. Pode ser guiado por motoristas com carteira de habilitação categoria B e trafegar em áreas onde a circulação de caminhões é restrita, característica dos grandes centros urbanos.

O rodado simples na traseira traz o benefício da cobrança de pedágio no valor de um automóvel. Tem motor Cummins ISF de 2,8 litros com tecnologia de pós-tratamento de gases EGR, dispensando o Arla 32. Alcança 150 cv e um torque máximo de 360 Nm numa ampla faixa de rotações para garantir retomadas rápidas e agilidade nas entregas urbanas, com a melhor potência e torque da categoria.

Outra característica do Express é a presença de um set de airbags, tanto para o motorista como para os passageiros. O airbag dos passageiros é o maior da América Latina, com 160 litros, e associado a cintos de segurança com pré-tensionadores, entrega alto padrão de segurança aos ocupantes.

Outra estreia da VW Caminhões, é o modelo Delivery 4.150, que ingressa em segmento antes não explorado pela fabricante já contando com financiamento via Finame. Ágil nas retomadas e confortável no anda e para das cidades, o veículo tem motor Cummins ISF de 2,8 litros e 150 cv de potência, com sistema de pós-tratamento de gases EGR que dispensa o Arla 32. A transmissão manual ESO-4106 combina-se ao conjunto de powertrain, conferindo também a melhor potência e torque da categoria.

A nova família Delivery foi projetada, desenvolvida e testada na América Latina, seguindo padrões mundiais, qualificando os produtos para exportação.

Já a partir do próximo ano os países vizinhos do Brasil iniciarão as vendas dos novos veículos, com eventos de lançamentos regionais. Os países da América do Sul serão os primeiros a receberem a novidade e a VW Caminhões e Ônibus ingressará, assim, no segmento de mercado mais representativo na região: o de veículos abaixo de 5 toneladas.

Também dentro da estratégia de internacionalização, a nova linha de produtos terá opções de motores atendendo a normas de emissões Euro III e V, conforme as legislações e demandas de cada mercado.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta