Volvo lança maior ônibus do mundo

The new Gran Artic 300 has been developed in Brazil especially for BRT systems

A Volvo lançou seus novos veículos para sistemas de transporte da alta capacidade na exposição FetransRio, realizada no Rio de Janeiro, em novembro passado. Um articulado de 22 metros de comprimento e capacidade para até 210 passageiros, e um biarticulado de 30 metros e capacidade para até 300 pessoas. O novo biarticulado é o maior ônibus do mundo e reforça a liderança da marca no desenvolvimento veículos de alta capacidade destinados a BRTs (Bus Rapid Transit)

“Somos líderes em veículos para BRT e estamos disponibilizando ao mercado o maior ônibus do mundo. Este veículo vai oferecer mais eficiência aos sistemas organizados de transporte, garantindo mais qualidade de vida aos passageiros e melhor custo benefício aos operadores”, afirma Fabiano Todeschini, presidente da Volvo Bus Latin America.

Com estes dois novos modelos, a Volvo oferece a mais completa linha de ônibus para sistemas de transporte urbano de alta capacidade, os chamados BRTs (Bust Rapid Transit). Ao todo são quatro modelos, que receberam uma nova nomenclatura: o Artic 150, com 18,6 m de comprimento e capacidade para até 150 passageiros; o Artic 180, com 21 m e capacidade para até 180 passageiros; o Super Artic 210, com 22 m e capacidade para até 210 passageiros; e o Gran Artic 300, com 30 m e capacidade para até 300 passageiros. O novo Gran Artic 300 possui versões de 28 m e 30 m de comprimento

“Com estes modelos, conseguimos oferecer aos gestores públicos e, principalmente aos operadores, uma solução completa de transporte, com um mix de veículos de média e alta capacidade com o menor custo por passageiro transportado, com segurança e alto grau de confiabilidade”, argumenta Euclides Castro, gerente de ônibus urbanos da Volvo Bus Latin America.

“Temos orgulho de dizer que o maior ônibus do mundo é Volvo e que foi desenvolvido no Brasil”, afirma Idam Stival, coordenador da engenharia de vendas da Volvo Bus Latin America. Ele lembra que o primeiro modelo de biarticulado, lançado no início da década de 90, também foi desenvolvido pela marca no país e hoje é vendido para sistemas de transporte de alta capacidade de todo o mundo.

O Gran Artic 300 transporta até 30 passageiros a mais que o modelo antecessor. “Esse ganho em número de passageiros representa um ganho em escala em eficiência, redução de frota  e redução de emissões”, explica Stival.

O novo articulado de 22 metros, que recebeu o nome de Super Artic 210, além da maior capacidade de transporte, oferece versatilidade à operação por possuir cinco portas. Esta porta extra aumenta a velocidade de embarque e desembarque de passageiros, e permite uma melhor distribuição dos passageiros dentro do ônibus. Outro diferencial do veículo manteve apenas três eixos.

“Desenvolvemos uma solução de um veículo maior, com maior capacidade de passageiros, mantendo os três eixos do modelo que temos em nossa linha de produtos. É um diferencial do nosso articulado que reduz o custo por passageiro”, destaca Stival.

O Super Artic 210 transporta mais passageiros que dois ônibus do tipo padron. E o Gran Artic 300 substitui três veículos padrón. Essas substituições, além de oferecer mais eficiência ao transporte urbano, geram benefícios econômicos e ambientais, uma vez que reduz custos operacionais e a emissão de poluentes.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta