Volare Attack 8 4X4 vai operar em mineração no Peru

volare attack 8

A Transportes Línea, uma operadora de transportes do Peru, acaba de adquirir 10 novos miniônibus Volare Attack 8 com tração 4×4. Esta é a primeira compra realizada pelo cliente peruano e os veículos serão utilizados no transporte de trabalhadores mineiros do alojamento para o interior dos túneis de exploração. 

Segundo Rodrigo Bisi, gerente de exportação da Volare, a aquisição é fruto de um longo e extensivo trabalho de relacionamento e pesquisa para o desenvolvimento de veículos de acordo com as necessidades e aplicações da Transporte Línea. “Foram vários meses e diversas reuniões até chegarmos à configuração que atendesse as necessidades do cliente, tendo como argumentos decisórios os padrões de qualidade, segurança, conforto e prazo de entrega”, destaca. 

“Esses são os primeiros veículos Volare Attack 8 4×4 a operar no setor de mineração no Peru, o que abre novas e boas perspectivas para crescimento naquele país, visto que existe a demanda por um veículo robusto, resistente e que pode trafegar em locais sem pavimentação de outras empresas do segmento, o mais representativo na economia peruana”, explica Rodrigo Bisi.

 Os Volare Attack 8 4×4 desenvolvidos para a Transportes Línea possuem, além de tração 4×4, freios ABS e sistema EBD. Contam com poltronas reclináveis equipadas com cinto de segurança de três pontos, sistema de ar-condicionado com calefação, iluminação e indicadores externos especiais para segurança de todos os passageiros.

 O modelo desenvolvido para a Transportes Línea possui ângulos de entrada e saída maiores, estepe no bagageiro traseiro, proteção especial para o cárter do motor e para o tanque de combustível, e é equipado com motorização Cummins ISF 3.8, de 152 cv de potência. Conta ainda com carroceria com saia lateral mais alta, suspensão reforçada, sinalização diferenciada e espelhos que permitem total visualização em torno do veículo, o que proporciona maior facilidade e segurança em manobras e deslocamentos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta