17 de maio de 2022

Voar ou navegar? O AirYacht faz ambos

Airyacht

Um veículo aéreo que navega ou também uma embarcação que voa. Esta é a aposta da empresa suiça AirYacht com a concepção do seu dirigível/iate que leva o nome da empresa.

Projetado pelos engenheiros Guillaume Hoddé e Matthieu Ozanne, o AirYacht consiste em duas partes: um dirigível cheio de hélio e um iate aerodinâmico que é acoplado à sua parte inferior.

Quando em voo, o iate serve como gôndola do dirigível, com capacidade de até 12 passageiros. Se o proprietário quiser navegar no mar, no entanto, o iate pode ser destacado do dirigível, abaixado em um conjunto de cabos e depois liberado desses cabos assim que atingir a superfície da água. O processo é revertido quando chega a hora de guinchar o iate de volta ao dirigível.

Dependendo de fatores como a velocidade de cruzeiro e o número de passageiros/tripulação, o AirYacht pode autossuficiente por até uma semana.

O dirigível, de 200 metros de comprimento, utiliza um sistema híbrido de combustível / acionamento elétrico para viajar a velocidades de até 50 nós (93 km/h).

Já o iate, com três andares, tem 52 m de comprimento por 13 m de largura e 11 m de altura e possui de cinco a seis cabines. Juntamente com os 12 passageiros e três tripulantes de voo, também será capaz de acomodar uma “tripulação de hospitalidade” de 12 pessoas. Alguns de seus outros recursos planejados incluem decks dianteiros e traseiros, jacuzzi, sauna e piscina, um heliponto além de uma garagem onde podem ser armazenados veículos como carro, bote ou Jet Skis.

Alternativamente, se o proprietário quiser ficar em terra por um tempo, o iate pode ser novamente abaixado e liberado, desta vez sentado no chão por meio de um conjunto de suportes que são implantados em seu casco. Por outro lado, para viagens mais curtas ao solo, um elevador de 12 passageiros semelhante a um elevador pode ser abaixado em cabos da parte inferior do iate, enquanto o último permanece conectado ao dirigível.

O AirYacht está em desenvolvimento desde 2017, com planos de que o primeiro esteja pronto para ação em 2026 – uma a quatro unidades serão produzidas a cada ano. Os preços, segundo os diretores da empresa, só serão discutidos com potenciais compradores durante uma entrevista confidencial. Os interessados ​​podem entrar em contato com a empresa através de seu site: https://airyacht.ch/