Vision EQ, o veículo de compartilhamento da Mercedes-Benz

Vision EQ

A Daimler levará para o Salão de Frankfurt, que começa dia 14 de setembro, o Vision EQ Fortwo, carro-conceito que foi desenvolvido para o uso compartilhado. Com nível 5 de direção autônoma, o veículo chama a atenção por não possuir volantes nem pedais.

As funções do veículo são controladas através de dispositivo móvel pessoal ou entrada de voz. Dispensar os elementos de controle convencionais faz o interior parecer mais espaçoso. O painel de controle é substituído por uma tela de 24 polegadas.

Baseado, segundo a montadora, nos pilares básicos do futuro da mobilidade urbana – conectado, autônomo, compartilhado e elétrico –, o Vision é equipado com uma bateria recarregável de ion-lítio de 30 kWh. Quando não estiver em uso, o carrinho será capaz de se guiar sozinho até uma estação de recarga. Opcionalmente, os veículos também podem vir com uma placa de energia indutiva para recarga sem fio.

Além de autônomo, o veículo de uso compartilhado traz como novidade um painel de LED digital no lugar da grade do radiador que serve para se comunicar com outros usuários na pista, tal como pedestres cruzando a rua, para dizer olá a quem chamou o carro ou adeus ao deixá-lo no local desejado. O equipamento também serve para dizer se o carro está ocupado por uma ou duas pessoas. Se estiver vazio, ele divulga eventos locais, além de notícias e como está o clima.

“A visão inteligente, EQ fortwo, incorpora o luxo urbano do futuro. É uma abordagem radical com um design legal e minimalista. O veículo tem as proporções inteligentes, com acentuados e pronunciados arcos de roda nos quatro cantos e sem saliência, “Diz Gorden Wagener, Diretor de Design Daimler AG. “Uma multiplicidade de superfícies digitais dentro e fora permite o próximo nível de comunicação entre humanos e automóveis. O cliente pode personalizar o veículo de acordo com suas necessidades individuais”.

O compartilhamento na Europa já é uma realidade. A Car2go, empresa de compartilhamento de veículos da Daimler, tem mais de 2,6 milhões de clientes em todo o mundo e tem um de seus veículos contratado em algum lugar do mundo a cada 1,4 segundos.

Os últimos estudos preveem que o número de usuários de esquemas de compartilhamento em todo o mundo chegará a 16 milhões em 2017 e aumentará para 44 milhões em 2025. O Brasil, apesar de apresentar números mais modestos – não passa de 100 mil –, aponta um avanço significativo: a base de usuários mais que dobrou em apenas um ano.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta