Michelin, em parceria com a GM, testa pneu sem ar

Uptis da Michelin

O inovador pneu Uptis da Michelin, que não utiliza ar, está sendo testado pela GM, começando com o Chevrolet Bolt EV. Ainda este ano, as empresas iniciarão testes reais da Uptis em uma frota de veículos Bolt EV em Michigan.  

As empresas também anunciaram que pretendem validar o Uptis com o propósito de introduzir o pneus em modelos de passageiros já em 2024.

Como o Uptis da Michelin é sem ar, o conjunto de roda elimina o risco de pneus furados e rupturas e, segundo a fabricante, aumenta a segurança. O Uptis também teria um impacto significativo em frotas comerciais, já que minimizaria o tempo de inatividade resultante de pneus furados e possuir níveis de manutenção próximo de zero.

Uptis da Michelin

Segundo a Michelin, a sociedade em geral se beneficia de economias ambientais extraordinárias por meio do uso reduzido de matérias-primas para a produção de pneus de reposição ou de pneus sobressalentes.

O protótipo Uptis da Michelin é resultado do conceito VISION, que foi apresentado no Movin’On Summit em 2017 como uma ilustração da estratégia da Michelin para pesquisa e desenvolvimento em mobilidade sustentável.

O conceito VISION introduziu quatro pilares principais de inovação: sem ar, conectados, impressos em 3D e 100% sustentáveis ​​(materiais totalmente renováveis ​​ou de origem biológica). Conectado e otimizado para veículos autônomos – fazendo parte do sistema –, o conceito torna-se um “pneu inteligente” que se comunica com o veículo e com uma rede de informação maior que o alimenta, desde o clima até as condições das vias.

O Uptis foi reprojetado para os veículos de passageiros atuais e é adequado para formas emergentes de mobilidade. Os veículos e frotas de amanhã – sejam autônomos, totalmente elétricos, serviços compartilhados ou outras aplicações – exigirão uma manutenção quase nula do pneu para maximizar suas capacidades operacionais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta