Uber adiciona transporte público em seu aplicativo nos EUA

Uber e a cidade de Denver

Depois do lançamento de seu primeiro serviço voltado para usuários de ônibus, o Uber Bus, modelo que foi desenvolvido especialmente para a cidade do Cairo, capital do Egito, agora a empresa anunciou uma parceria com a cidade de Denver, nos Estados Unidos, e começa a testar uma nova ferramenta em seu aplicativo. Os usuários da cidade já recebem no app opções de transporte público, junto com suas ofertas de corridas particulares.

Quando uma pessoa buscar por um trecho, o programa vai mostrar um novo ícone, acima dos outros já conhecidos, com o nome de Transit. Não que a empresa esteja ofertando seu próprio sistema de transporte público, como ônibus e metrô: a proposta é que o usuário consiga ver o trajeto de meios públicos de transporte usando o próprio aplicativo e decidindo, por ali, se compensa mais ir de ônibus ou se chamar um Uber é mais interessante.

Tanto lá como cá, isso acontece no momento em que a Uber enfrenta críticas crescentes por seus efeitos negativos sobre o transporte público em todo os EUA

O declínio do número de passageiros em ônibus e metrô foi atrelado ao aumento da popularidade do Uber em dezenas de cidades. A empresa espera amenizar essa crítica, dando igualdade de condições de tráfego em seu aplicativo.

Um estudo recente da Universidade de Kentucky levantou uma polêmica sobre impacto de aplicativos de transporte na utilização de modelos públicos. Segundo o levantamento, desde a o lançamento de apps como Uber e Lyft no país, o número de usuários de transporte sobre trilhos caiu 1,29%, enquanto para o ônibus a queda foi de 1,7%. Assim, esta também pode ser uma forma de estimular os usuários a optarem por meios públicos.

O serviço começa graças a uma parceria com a RTD (Regional Transportation District, ou Distrito de Transporte Regional). A RTD é a autoridade regional que opera serviços de transporte público em oito dos doze condados da Área Estatística Combinada Denver-Aurora-Boulder, no Colorado. Ela opera em uma área de quase 3,8 mil quilômetros quadrados e serve 2,87 milhões de pessoas.

“Nossos clientes querem que suas viagens sejam o mais simples possível, e uma colaboração como essa permite que eles planejem viagens de ponta a ponta, incluindo opções adicionais de primeira milha e última milha”, disse David Genova, CEO e gerente geral de RTD. “A RTD tem o prazer de trabalhar com a Uber ao apresentarmos aos usuários opções complementares adicionais para atingir o destino mais eficiente”.

De forma parecida com outros programas, como Moovit ou até mesmo as indicações do Google Maps, o app da Uber vai mostrar em tempo real, caso o usuário esteja conectado à internet, as linhas de ônibus e trem/metrô que levam ao destino que o desejado. Aliás, o time da Uber informa que todo banco de dados é fornecido como cortesia pelo Moovit.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta