17 de maio de 2022

Trem autônomo ligará aeroporto de Guarulhos à linha da CPTM

trem autônomo aeroporto de guarulhos

Aos moldes de aeroportos como o de Atlanta, Nova Iorque e São Francisco, nos Estados Unidas, o aeroporto internacional de Guarulhos (GRU), em São Paulo, terá acesso por meio de um trem autônomo.

O Termo Aditivo para construção do Trem de Acesso ao Aeroporto de Guarulhos – Airport People Mover – foi finalmente assinado no dia oito de maio. O projeto, que havia sido suspenso pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em setembro de 2021 – por alegada falta de transparência –, foi autorizado pelo mesmo TCU em dezembro de 2021.

trem autônomo aeroporto de Guarulhos

O sistema Automated Peoples Movers (APM) de Guarulhos terá um trajeto de 2,6 quilômetros entre a estação ferroviária e o aeroporto, com paradas nos terminais 1, 2 e 3 e na estação Aeroporto-Guarulhos da Linha 13-Jade, com o tempo estimado de seis minutos para percorrer o trajeto e com capacidade de levar 2 mil pessoas por hora em cada direção, substituindo os ônibus utilizados atualmente.

O consórcio AeroGRU, responsável pela implantação do trem autônomo em Guarulhos, é formado pelas empresas Aerom, HTB, FBS e TSEA e tem suas composições de dois carros, fornecidas pela Marcopolo Rail, divisão ferroviária da fabricante de carrocerias para ônibus gaúcha.

O investimento previsto pela  concessionária GRU Airport para a implantação do sistema gira em torno de  R$ 271,7 milhões.  O consórcio AeroGru ressalta que 95% do sistema utiliza componentes nacionais e estima que o “people mover” de Guarulhos possa ser implantado em até 18 meses.