Toyota reforça posição no mercado nacional com investimentos de R$ 1,6 bilhão

Toyota Yaris

Com investimentos estimados em R$ 1 bilhão, a Toyota do Brasil vai preparar a fábrica de Sorocaba, no interior de São Paulo, para começar a produção do Yaris, seu novo carro direcionado ao mercado brasileiro. A planta de Sorocaba, onde atualmente são produzidas as versões hatchback e sedã do compacto Etios, receberá ferramental e equipamentos para a produção do Yaris a partir do segundo semestre de 2018.

O Yaris, produzido no México sobre plataforma derivada da Mazda, ganhará, no Brasil, uma nova versão que foi recentemente apresentada na Tailândia.

Este é o segundo anúncio de novos investimentos da empresa em menos de um ano. No final do ano passado a montadora já havia divulgado investimentos de R$ 600 milhões na ampliação da unidade de Porto Feliz (SP) para a fabricação de propulsores para automóveis da marca produzidos no país a partir do segundo semestre de 2019.

Em cerimônia realizada ontem (25/09), executivos da Toyota fizeram questão de assegurar que, por meio desses dois investimentos, a Toyota reforça seu compromisso de contribuir com a sociedade brasileira e sua economia. Os investimentos gerarão cerca de 500 novos postos de trabalho diretos e indiretos nas duas plantas fabris.

“Projetos estimulantes como este só podem acontecer quando todos trabalham juntos, dividindo o mesmo sonho. É por isso que eu gostaria de agradecer ao governo, sindicatos, aos nossos colaboradores, fornecedores, concessionários e, finalmente, aos nossos clientes. A confiança depositada em nós, sua parceria e comprometimento contribuíram para que este investimento do novo Yaris se tornasse realidade. Juntos, estamos crescendo de forma sustentável, aumentando nosso portfólio, visando a um futuro brilhante do Brasil”, afirmou Steve St.Angelo, CEO da Toyota para a América Latina e Caribe e Chairman da Toyota do Brasil e Argentina.

A fábrica de Sorocaba, que celebrou cinco anos de existência em agosto deste ano, foi fruto de um investimento inicial de US$ 600 milhões, emprega atualmente 1.944 pessoas e, segundo informações da montadora, reúne atributos das plantas mais modernas da Toyota em todo o mundo. Teve sua capacidade produtiva expandida em janeiro de 2015 para 108 mil unidades anuais e atende tanto à demanda interna pelo Etios quanto à exportação que hoje é feita para Argentina, Paraguai, Uruguai, Peru, Costa Rica e Honduras.

Ecofactory

Além dos aspectos produtivos, a fábrica da Toyota em Sorocaba foi a primeira da marca no Brasil a adotar o conceito Ecofactory. Orientado sob esta premissa, todo o projeto construtivo do site adotou conceitos de ecoeficiência de padrão mundial, sem impactar a qualidade de vida dos habitantes do município e cidades vizinhas ou gerar risco de qualquer contaminação ambiental.

Com a chegada da Toyota, a cidade de Sorocaba recebeu um grande aporte em reflorestamento. Em junho deste ano, a companhia concluiu um ciclo de investimentos na ordem de R$ 6 milhões, destinados à construção e manutenção do Parque Natural Municipal Corredores da Biodiversidade Marco Flávio da Costa Chaves (PNMCBio).

“Hoje, reforçamos o compromisso da Toyota com o desenvolvimento da indústria automotiva brasileira e também com o Brasil. Mesmo em tempos desafiadores para a economia e o setor automotivo, a Toyota permaneceu fiel ao seu compromisso de investir no Brasil. Este é um exemplo do que estamos fazendo, sempre pensando em uma perspectiva de longo prazo e no crescimento sustentável dos nossos negócios”, afirmou Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil.

Com a confirmação do aporte de R$ 1 bilhão na planta de Sorocaba a empresa totaliza mais de R$ 4 bilhões investidos no Brasil desde 2012.

Fábrica de motores de Porto Feliz

Com a ampliação de Porto Feliz, cujas obras já tiveram início, a capacidade produtiva da fábrica passará de 108.000 para 174.000 motores por ano.

Inaugurada em maio de 2016, a planta de Porto Feliz produz os motores flex fuel e a gasolina, Dual VVTi, de 1.3L e 1.5L, que equipam o compacto Etios, comercializado no Brasil e em diversos países da América Latina, em um terreno de 872.500 m2. Foi a primeira planta de motores da Toyota na região da América Latina e Caribe e possui a mais avançada e inovadora tecnologia de processos de produção.

A planta de Porto Feliz, que já recebeu investimentos de R$ 580 milhões em sua primeira fase, passa a ter um aporte total de R$ 1,18 bilhão com esta ampliação, que já começou. Considerada uma das plantas Toyota mais modernas do mundo, ela é uma das primeiras a deter todos os três processos industriais dentro de um único local – fundição, usinagem e montagem.

Neste curto período de existência, Porto Feliz já conta com um feito importante: em abril deste ano, menos de um ano após sua abertura, a planta bateu a marca de 100 mil unidades produzidas de motores 1.3L e 1.5L do Etios.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta