Toyota e BYD anunciam parceria para desenvolvimento de elétricos

Depois de firmar parceria com a Subaru para o desenvolvimento de uma plataforma para veículos elétricos de passageiros, a Toyota anunciou nesta sexta-feira (19/07) outro acordo, agora com a chinesa BYD.

De acordo com o comunicado, Toyota e BYD irão desenvolver em conjunto, sedãs e SUV’s elétricos, além de suas baterias e pretendem lançá-los no mercado chinês, sob a marca Toyota, nos próximos anos.

Maior mercado mundial de veículos elétricos, a China comercializou em 2018, 1,26 milhão de elétricos, incluindo híbridos plug-in, número 62%  maior que o registrado no ano anterior, segundo a Associação Chinesa de Fabricantes de Automóveis (ACFA).

De acordo com os números da ACFA, no primeiro semestre de 2019, as novas vendas de veículos elétricos cresceram quase 50%.

O governo quer que as vendas de novos veículos atinjam 7 milhões por ano até 2025. Subsídios e isenções fiscais estão sendo eliminados, mas as maiores cidades da China estão começando a banir os carros a gás e a diesel mais antigos.

Para acompanhar estas projeções, além da anunciada intenção da Toyota de ter metade de suas vendas globais concentradas em veículos elétricos ou híbrido plug-in, a parceria com um dos maiores fabricantes globais de baterias se torna estratégica.

toyota e byd

Antes do anúncio da parceria Toyota e BYD, a montadora japonesa também chegou a um acordo com outra empresa de baterias na China, a Amperex Contemporary Technology Co. Limited (CATL). O acordo com a CATL é apenas um negócio de bateria, não envolvendo nenhum desenvolvimento de EV.

 Já a BYD que nasceu como fabricante de baterias, se tornou em 2008, a primeira empresa a vender veículos híbridos plug-in produzidos em massa. As vendas de EVs da BYD estão em primeiro lugar no ranking mundial desde 2015.

Outras montadoras globais também trabalham com fabricantes chineses. A VW está trabalhando com a Anhui Jianghuai Automobile Co., enquanto a Ford se uniu à Anhui Zotye Automobile Co. Já a Renault anunciou que investirá US $ 144 milhões em uma joint venture com a Jiangling. Motors Corp. para desenvolver EVs na China.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta