TCP registra melhor produtividade por navio de 2017

CAP San Maleas

A TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, registrou a melhor produtividade em um único navio de 2017. O terminal atingiu 187 MPH (movimentos por hora) por equipamento na operação do navio CAP San Maleas, totalizando 784 movimentos em 4 horas e 8 minutos.

O procedimento no navio, que conta com 333 metros de LOA (comprimento de fora a fora), contou com o uso de seis portêineres, totalizando 38,1 MPH por equipamento. “A TCP tem registrado constantes recordes na operação de grandes navios. Isso é resultado dos constantes investimentos realizados para melhorias e modernização do Terminal. Exemplo disso é a implantação do Navis, sistema integrado de operação portuária, e a aplicação de boas práticas e treinamentos constantes”, explica Rodrigo Paupitz, superintendente de operações da TCP.

A implantação do sistema NAVIS permitiu ao Terminal integrar as informações portuárias, aumentando ainda mais a produtividade do Terminal. “O objetivo é entregar um serviço cada vez mais ágil, eficaz e competitivo para os clientes do Terminal”, enfatiza.

Hoje, o Terminal de Contêineres de Paranaguá conta com 9 portêineres (sendo 4 Super Post Panamax), 2 guindastes Mobile Harbour Crane, além de 30 transtêineres, resultado de investimentos realizados em anos anteriores. Para os próximos anos, a TCP tem ainda planos de expansão do cais de atracação do terminal, que ganhará mais 220 metros, passando a contar com 1.099 m de extensão; a construção de dolphins exclusivos para a atracação de navios que fazem o transporte de veículos; e a ampliação da retroárea do terminal, que hoje conta com 320 mil m2 e que será ampliada para cerca de 500 mil m2.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta