BASF apoia ideias visionárias para a indústria da mobilidade

STARTUP AUTOBAHN

Por que dirigir até o posto de gasolina, se o posto de gasolina pode ir até você? Esta foi a pergunta feita pelas mentes criativas que estão por trás da startup POMP. Sua visão: um carro que informa automaticamente seu proprietário sobre o tanque com nível baixo de combustível, sendo abastecido no local através de veículos que realizam o serviço de abastecimento móvel. Com o apoio dos especialistas em aditivos para combustível da BASF, o conceito de posto de gasolina móvel está, agora, sendo desenvolvido mais profundamente.

Esta e outras ideias inovadoras, sobre mobilidade e digitalização, foram apresentadas na EXPO Day, da STARTUP AUTOBAHN, em Stuttgart, em 25 de julho. Em conjunto com outras empresas, como a Daimler, a Porsche e a Hewlett Packard Enterprise/DXC Technology, a BASF tem estabelecido parcerias e realizado um trabalho de mentoring para startups selecionadas, através de projetos piloto nas áreas de blockchain, tecnologia de sensores, realidade aumentada, produção futura e simulação de produtos.

 

“Acreditamos que as grandes ideias começam pequenas. É por isso que trabalhamos com jovens empresários que têm o potencial de mudar o futuro da mobilidade e da produção”, disse Jürgen Becky, vice-presidente sênior do segmento de Materiais de Performance da BASF. “É na STARTUP AUTOBAHN, que a ingenuidade de Karl Benz ou Fritz Haber junta-se as ideias visionárias de Steve Jobs, no sentido figurado. É esse entusiasmo para coisas novas e espírito empreendedor que queremos promover na BASF, para fortalecer nosso próprio poder de inovação e competitividade “, afirma.

Como o principal fornecedor de químicos para a indústria automotiva, a BASF é um forte parceiro inovador e facilitador das soluções de mobilidade do futuro. Como exemplo, os especialistas em plásticos da BASF contribuem com sua competência técnica e know-how em processamento, para um projeto piloto com a startup KREATIZE. A sua plataforma digital facilita a troca direta entre o Fabricante de Equipamento Original (OEM) e o fornecedor. As montadoras conseguem fazer o upload dos arquivos CAD de suas peças automotivas para a plataforma. Devido a um algoritmo de correspondência, eles conseguem encontrar o melhor material processo de produção existentes, fazer o pedido imediatamente e pagar diretamente online.

Outro projeto piloto refere-se às cadeias de abastecimento: como é possível perceber que uma entrega está incompleta ou danificada, mesmo antes de recebê-la? A startup Quantoz, junto com a BASF e a startup Ahrma, acharam uma resposta inteligente para esta pergunta: uma palete inteligente que além de informar sobre sua posição e movimento, também dá informações relacionadas ao seu status de carregamento, bem como um possível impacto ou queda. Assim, as peças em falta ou danificadas podem ser novamente pedidas automaticamente. Ao usar a tecnologia blockchain da Quantoz, pode-se aumentar a segurança e a confiança na integridade dos dados. Esta combinação fornece uma visão de um material seguro e transparente e do fluxo de dados no futuro.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta