17 de maio de 2022

Startup alemã cria trailer de ônibus solar

trailer de ônibus solar

É uma ideia do tipo “porque não pensei nisso antes”. Imagine um ônibus elétrico e articulado, como estes que rodam por aqui nas grandes cidades. O segundo módulo da articulação possui 20 placas fotovoltaicas especiais semiflexíveis (PV) que fornecem mais de 2.000 watts para alimentar a bateria do veículo e cargas elétricas, como aquecimento, ventilação e ar condicionado, bem como o sistema de direção do trailer.

trailer de ônibus solar

A tecnologia foi desenvolvida pela Sono Motors, mesma startup que em 2017 apresentou o Sion, um carro elétrico compacto movido a energia solar.

O novo trailer de ônibus solar chegará às ruas da área metropolitana de Munique em um futuro próximo, testando os rendimentos de energia, bem como o potencial da tecnologia em operação diária. Inicialmente o trailer será acoplado à um ônibus movido a diesel.

“Quando os ônibus elétricos são equipados de fábrica com nossa tecnologia solar, um alcance adicional pode ser gerado imediatamente através da energia solar no teto e nas laterais. Isso não apenas reduz os tempos de parada dos processos de carregamento, mas também protege a bateria através de um processo de carregamento constante . Como resultado, o e-bus pode ser operado por mais tempo”, explica Laurin Hahn, cofundadora e CEO da Sono Motors.

trailer de ônibus solar

O trailer solar tem o potencial de oferece economia de até 2.500 litros de diesel por ano e um potencial anual de economia local de CO2 de mais de 6,5 toneladas métricas por ônibus, contribuindo para a proteção climática e a redução das emissões de gases de efeito estufa no centro da cidade.

Para uma frota média de 300 ônibus, os cálculos mostram a possibilidade de economia de até duas mil toneladas de CO2 por ano. Outros aumentos são concebíveis no futuro, pois espera-se que as células solares e a eletrônica de potência se tornem mais eficientes.

A pegada ambiental desta solução solar, ou seja, as emissões causadas na produção, equivale a aproximadamente 1,5 toneladas métricas de CO2 por ônibus ou trailer de ônibus e pode ser compensada em pouco menos de um ano de operação, calcula a startup.