SkyRail da BYD em Salvador tem previsão de início de obras em 2020

SkyRail de Salvador

Com a aprovação do projeto preliminar pelo governo da Bahia, o SkyRail de Salvador, um sistema de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT)  desenvolvido pela BYD, tem previsão de início de suas obras  ainda em 2020.

O SkyRail de Salvador substituirá o atual sistema de trens que faz a linha da Estação da Calçada ao bairro de Paripe, na capital baiana e será o primeiro VLT da BYD a operar na América Latina.

O sistema é um monotrilho com tecnologia de direção autônoma e seu projeto consumiu mais de US$ 700 milhões em investimentos e cinco anos em P&D.

SkyRail de Salvador

Toda a rota costeira terá 23 quilômetros de extensão e 26 estações ao longo de seu traçado. A Fase 1 do projeto cobrirá os primeiros 19 quilômetros da rota, com os 4 quilômetros adicionais concluídos na Fase 2. Depois de concluída, a linha será conectada às outras linhas de metrô de Salvador.

Com uma população na área metropolitana de cerca de 3,8 milhões, Salvador é a quarta maior cidade do país. Como muitas grandes cidades do mundo, juntamente com a rápida urbanização, surgiram questões crescentes de congestionamento no tráfego, poluição do ar e muito mais. Para atender às necessidades dos moradores locais por uma conectividade mais limpa e moderna, o governo do estado da Bahia fez uma licitação global em maio de 2018 para construir uma nova linha de transporte ferroviário em Salvador como parte do crescente sistema de transporte público da cidade.

Em 10 de dezembro do ano passado, a BYD recebeu permissão para construir a Fase 1 do projeto SkyRail de Salvador. Uma cerimônia de assinatura ocorreu na Estação Calçada, a primeira estação ferroviária de Salvador. Construída pela primeira vez em 1860, esta estação simboliza o ponto de partida da rede ferroviária urbana do Brasil.

Uma vez concluído o projeto, a antiga estação será usada como entrada dos passageiros, para ser conectada à nova estação SkyRail acima dela através de uma escada rolante, proporcionando uma oportunidade para os passageiros se deslocarem entre o lado antigo e moderno de Salvador, bem como entre a história e o futuro da cidade.

Após sua conclusão, a linha SkyRail (amarela) de Salvador se conectará a outras linhas de transporte ferroviário para formar uma rede ferroviária.

As tecnologias do SkyRail superaram muitas das dificuldades de construção e operação em Salvador. Com trilhos elevados, não ocupam a superfície e o espaço abaixo deles pode ser utilizado em áreas para pedestres. Além disso, sua elevação o mantem livre de inundações, o que tem sido um problema para a rede ferroviária existente na cidade.

Com capacidade para transportar cerca de 172 mil passageiros por dia, o SkyRail de Salvador deverá beneficiar algo em torno de 600 mil pessoas, segundo estimativas da SkyRail Bahia, concessionária reponsável pela construção e operação do sistema.

A Sky Rail Bahia é um consórcio de Parceria Público-Privada (PPP) entre a BYD e o Governo do Estado da Bahia e será responsável pela implantação, operação e manutenção do VLT do Subúrbio de Salvador.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta