17 de abril de 2024

e-bike dobrável da Siggi, prática para a mobilidade urbana

Siggi, e-bike dobrável

A profusão de e-bikes que estão disponíveis no mercado oferecem todos os tipos de tecnologias e recursos mas, quando se trata de mobilidade urbana, principalmente em grandes metrópoles, menos é sempre mais e a praticidade faz mais sentido.

A Coh&Co, fabricante dinamarquesa de bicicletas, apresentou sua nova e-bike, a Siggi ao mercado europeu. O rack traseiro, que funciona tanto como bagageiro quanto como suporte para estacionamento, é o componente útil da bicicleta. Além disso, o tubo superior do quadro em forma de alça oferece uma pegada confortável, facilitando o transporte da bicicleta quando necessário.

e-bike dobrável

Seu peso de apenas 10 quilos quando não eletrificada, facilita o transporte e a manobra. Quando equipada com os componentes da bicicleta elétrica, ela pesa um pouco mais com 13 quilos, o que ainda é bastante leve.

O design da e-bike dobrável Siggi usa molas de elastômero na frente e atrás para melhorar o conforto do passeio. Além disso, o guidão dobrável de alumínio da bicicleta tem alcance ajustável, permitindo que ciclistas de vários tamanhos modifiquem sua postura de pilotagem para máximo conforto e controle.

A e-bike dobrável Siggi vem com uma variedade de configurações para acomodar as preferências variadas do ciclista. Pode ser configurada como uma bicicleta elétrica PAS (Pedal Assist System) de velocidade única, proporcionando assistência ao pedalar sem esforço. Também pode ser equipado com um cubo interno de quatro marchas, o que aumenta sua adaptabilidade em diferentes terrenos e situações de pilotagem.

Se a preferência for uma variante não elétrica, o Siggi pode ser encomendado sem o motor e, em vez disso, equipado com um sistema de transmissão Shimano Alfine de 11 velocidades, que oferece uma escolha maior de seleções de marchas.

A e-bike dobrável leve apresenta um quadro feito de StoneWeave, um material composto inovador que mistura fibra de carbono e basalto. O novo material da Coh&Co não é apenas muito durável, mas também totalmente reciclável. O garfo esquerdo da bicicleta também é feito de material semelhante, permitindo uma dobra compacta para armazenamento e transporte convenientes.

As versões elétricas da Siggi possuem um sistema integrado de motor e bateria que fica alojado no cubo traseiro da bicicleta e foram desenvolvidos pela italiana Zehus Motors. Ao pedalar para a frente, esse design oferece uma experiência de assistência contínua e suave, resultando em uma pedalada eficiente e confortável. Além disso, a Siggi possui um recurso útil que permite que a bateria seja carregada durante o recuo, oferecendo alternativas de recarga convenientes em movimento.

A e-bike dobrável Siggi tem um preço de 1.610 euros (R$ 8,6 mil) para a variante convencional não elétrica e 2.395 euros (R$ 12,9 mil) para a elétrica. Upgrades ou acessórios adicionais podem ser adicionados a esses preços. As entregas estão programadas para começar em janeiro de 2024, sem atrasos inesperados ou alterações no cronograma de produção.