Scania apresenta seu primeiro caminhão autônomo

A Scania apresentou na Europa seu primeiro caminhão autônomo, o Scania AXL, para operações em áreas confinadas.

Com visual futurista, o caminhão não tem cabine tradicional já que dispensa o uso de controle humano.

O veículo é movido por um motor de combustão alimentado por biocombustível renovável e se utiliza de câmeras, radares, laser LiDAR e um sistema de GPS de alta precisão para operar em locais como as minas, onde a segurança é uma questão crucial para evitar acidentes fatais.

Para o desenvolvimento deste veículo autônomo pesado, um grupo de especialistas da Scania, em diferentes áreas, se uniu e desenvolveu um caminhão-conceito que, mesmo sem a cabine, tem o sistema modular da empresa no centro do projeto.

Scania AXL

À medida que diferentes indústrias buscam otimizar as atribuições de transporte e torná-las mais sustentáveis, os veículos autônomos estão sendo cada vez mais considerados. Minas e grandes canteiros de obras fechados são exemplos de ambientes favoráveis ​​para pilotos autônomos, pois são locais bem controlados.
“Um passo significativo em direção aos sistemas de transporte do futuro”

“Com o caminhão-conceito Scania AXL, estamos dando um passo significativo em direção aos sistemas de transporte inteligentes do futuro, onde veículos autônomos desempenharão um papel natural”, diz o presidente e CEO da Scania, Henrik Henriksson. “Continuamos a construir e pilotar conceitos para demonstrar o que podemos fazer com a tecnologia disponível hoje”.

Para veículos autônomos, o software é, em muitos aspectos, mais importante que o hardware. O Scania AXL é dirigido e monitorado por um ambiente de controle inteligente. Nas minas, por exemplo, as operações autônomas são facilitadas por um sistema de logística que informa ao veículo como ele deve ser executado.

“Já temos caminhões autônomos nas operações dos clientes. No entanto, até agora, eles têm espaço para um motorista de segurança que pode intervir, se necessário. O Scania AXL não possui cabine e isso muda significativamente o jogo ”, afirma Claes Erixon, Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Scania.

“O desenvolvimento de veículos autônomos fez grandes progressos nos últimos anos. Ainda não temos todas as respostas, mas por meio de veículos-conceito como o Scania AXL, abrimos novos caminhos e continuamos a aprender em grande velocidade. ”

O AXL tem testes de operação real previstos para o começo de outubro na Suécia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta