Renault lança serviço de compartilhamento por meio do aplicativo

Renault Mobility

A montadora introduziu no país o Renault Mobility, serviço de compartilhamento lançado na Europa em 2016. Por enquanto, a montadora vai disponibilizar o aplicativo em um projeto de mobilidade para seus colaboradores. Por meio do aplicativo, a Renault disponibiliza veículos de frota para uso compartilhado. Com a novidade, o colaborador pode reservar um veículo 24h por dia em qualquer dia da semana e retirá-lo na própria fábrica da Renault, em São José dos Pinhais.

Ricardo Gondo, presidente da Renault - Renault Mobility

“Desenvolvemos uma equipe dedicada, que utilizou a metodologia ágil em todo o processo de desenvolvimento e implementação do projeto. Agora nosso colaborador pode usufruir da mobilidade compartilhada em seu dia a dia, seja para os dias de semana ou para os finais de semana”, afirma Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

Para verificar a aceitação do projeto e encontrar possíveis melhorias foi realizada uma prova de conceito com cinquenta colaboradores. Com o sucesso dos testes, a marca optou por expandir o car sharing para todos os colaboradores.

Para realizar a reserva é muito fácil. Basta entrar no aplicativo, escolher o veículo desejado, selecionar a data de utilização e confirmar. No primeiro acesso ao aplicativo é necessário realizar um cadastro para confirmar as informações do usuário. A chave fica no interior do veículo e o usuário consegue destravar a porta direto pelo aplicativo.

A novidade acompanha o caráter inovador da marca, que já desenvolve diversos projetos de mobilidade compartilhada na Europa e no Brasil. Como a parceria com a MRV, que utiliza dois veículos 100% elétricos da Renault para uso compartilhado por moradores de um condomínio de Belo Horizonte. O projeto também utiliza o aplicativo Renault Mobility para gerenciar os empréstimos.

Lançado em 2016, o Renault Mobility alcançou no final de 2018, cinco mil veículos elétricos disponíveis para compartilhamento em toda a Europa.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta