Volkswagen bate recorde histórico de exportação de ônibus

25 anos da linha Volksbus

No ano em que comemora 25 anos da linha Volksbus, a Volkswagen Caminhões e Ônibus alcançou um recorde histórico de exportação de ônibus no primeiro semestre deste ano, com o embarque de 1.802 chassis entre janeiro e junho, uma alta de 70% sobre igual período de 2017. “O momento é de celebração”, diz Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus, avaliando o resultado que entrega à montadora uma fatia de quase 28% nesse segmento do mercado.

O México concentrou o maior volume de negócios da empresa no exterior, com a venda de 750 unidades Volksbus e MAN a apenas duas empresas. Os chassis serão entregues nos próximos meses.

O grupo Iamsa adquiriu 600 chassis de ônibus MAN e o grupo ADO encomendou outras 150 unidades – 131 Volksbus 9.150 e 19 chassis modelo 15.190 – volume que  mantém a operadora como a maior frota de chassis Volkswagen no México, com mais de 500 ônibus da marca circulando em diferentes linhas de transporte urbano e interurbano de passageiros.

Na avaliação de Cortes, a compra da ADO “reitera a confiança que o grupo ADO deposita na Volkswagen Caminhões e Ônibus”. A montadora oferece capacitação contínua para certificar os técnicos da ADO. Os veículos têm motorização MAN D08, com tecnologia de pós-tratamento de emissões EGR, que dispensa o uso do Arla 32, e carroceria Ayco. A operadora mexicana vai usar os novos veículos para atender aos estados do sul e do sudeste do México.

“No primeiro semestre deste ano, crescemos em 12% nossas exportações de ônibus Volkswagen ao México, e mantemos produção local na cidade de Querétaro. São provas da grande aceitação de nossos chassis no mercado, que já lideramos com Volksbus no segmento de ônibus leves e com MAN no nicho de ônibus double decker”, declara Cortes.

Outro grande mercado para a montadora este ano foi o Peru, com mais de 400 embarques, principalmente para atender ao transporte urbano de passageiros da capital, Lima. Foram comercializados os modelos 17.230 OD, com tecnologia EGR, e o 17.210, equipado localmente com motor a gás, com menos emissões.

O desempenho foi positivo também na Argentina, no Chile e na África. Angola, Moçambique, Nigéria e África do Sul receberam mais de 600 chassis Volksbus.

“Nas ruas e estradas argentinas, graças ao sucesso dos Volksbus 17.230 OD V-Tronic Full Air, 15.190 OD V-Tronic e 18.280 OT Low Entry, a MAN Latin America alcançou recorde de 580 chassis exportados em 2017.” A montadora tem como diferencial no mercado argentino a concessionária Buswagen, em Buenos Aires, considerada a primeira revenda da marca com foco exclusivamente no negócio de ônibus.

Atualmente, a marca Volkswagen Caminhões e Ônibus está presente em mais de 30 países, nos continentes americano e africano. Desde que foi lançado o primeiro Volksbus, em 1993, foram produzidos mais de 150 mil chassis, sendo que 30 mil deles rodam fora do país. “Cerca de 30% de nossos embarques ao exterior são de chassis de ônibus produzidos em nossa fábrica de Resende (RJ). Esses embarques, comparados ao período de janeiro a junho do ano passado, cresceram significativamente. Volksbus também são montados na África do Sul, em Pinetown”, assinala Cortes.

Ele destaca que, aqui no Brasil os Volksbus compõem a maior frota de transporte escolar desde a criação do programa Caminho da Escola, em 2007, com cerca de 16 mil ônibus da marca. “Recentemente fomos vencedores de mais um lote desse programa, após licitação de outros 3.400 Volksbus que poderão ser adquiridos por prefeituras até abril próximo”, detalha o executivo.

Para marcar os 25 anos da linha Volksbus, a montadora apresentou na Lat.Bus – Feira Latino-Americana do Transporte, realizada na última semana, em São Paulo, o Volksbus 9.160 OD Urban, o micro da marca agora na versão urbana, com uma configuração mais robusta para atender às severas aplicações dos grandes centros urbanos.

Também exibiu na feira o Volksbus 18.330 OT 6×2, seu primeiro rodoviário com terceiro eixo, customizado para transportar o time do Palmeiras. O modelo foi desenvolvido em parceria com o BMB, centro de customização exclusivo da montadora. Recebeu motor Cummins de 360 cv, transmissão automática ZF Ecolife com retarder integrado e carroceria Irizar i6s. Dez clubes de futebol já transportam suas seleções em ônibus da linha Volksbus.

A montadora também divulgou na feira o Volksbus 15.190 ODR, chassi direcionado ao Programa Caminho da Escola, configurado para atender às regiões rurais do Brasil, que também ganhou espaço de venda para o transporte de trabalhadores de usinas de cana-de-açúcar, já que consegue transitar por difíceis tipos de terreno; o 17.230 ODS, que é indicado para operações de transporte urbano e fretamento; e o 18.280 OTS LE, modelo que teve mais de 70 unidades recentemente vendidas para operar em São Paulo, com motor MAN D08 de 6 cilindros e 280 cv, opção de transmissão automática ou automatizada e piso baixo.

traton

Trajetória de crescimento

A Volkswagen Truck & Bus permaneceu firme em sua trajetória mundial de crescimento no primeiro semestre de 2018. MAN Truck & Bus, Scania e Volkswagen Caminhões e Ônibus venderam 112.130 veículos, o equivalente a uma melhoria de 16% para o grupo, em comparação ao ano anterior. A transformação da empresa em uma sociedade acionária, que ocorreu em junho de 2018, e a iminente alteração de nome para Traton AG representam marcos fundamentais para sua estratégia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta