Primeiro navio de cruzeiro construído na China terá sistema elétrico e de propulsão da ABB

primeiro navio de cruzeiro chinês

A ABB firmou um contrato para fornecer um pacote integrado que inclui dois sistemas de propulsão direcionáveis ​​Azipod, com capacidade de manobra de 360 graus, para a construção do primeiro navio de cruzeiro chinês. Segundo informações da ABB, as unidades Azipod podem reduzir o consumo de combustível da embarcação em até 15%, além de diminuir o ruído e a vibração. O motor de acionamento do Azipod está localizado em um casulo submerso, abaixo do casco do navio, e tem sido uma das referências no setor em tecnologia de cruzeiro ecologicamente correta, desde seu lançamento, em 1990.

O pacote também inclui um conceito completo de sistema elétrico de energia com geradores de eletricidade, quadros principais, transformadores de distribuição e um sistema de controle de propulsão para controlar as unidades Azipod a partir da ponte de comando (passadiço). O sistema digital inclui recursos de diagnóstico remoto, que permitem a conectividade aos Centros ABB de Operação Colaborativa (ABB AbilityTM). 

A embarcação, de 323 metros, tem entrega prevista para 2023. Tem capacidade para acomodar perto de 5 mil passageiros e foi projetada para atender às demandas dos viajantes chineses, que devem chegar aos 10 milhões até 2025, de acordo com o conselho industrial da Cruise Lines Association (CLIA).

“Com esse projeto, a China está fazendo grandes avanços na construção de navios de cruzeiro. Acreditamos que a chave do sucesso está em trabalhar estreitamente com parceiros experientes e a escolha da ABB é baseada em seu incomparável know-how do mercado de navios de cruzeiros, bem como na capacidade e compreensão de executar projetos na China. Esperamos que essa cooperação entre a ABB e o estaleiro possa fornecer soluções e serviços de alto nível para a primeira embarcação de cruzeiro construída na China”, declara Gang Chen, gerente geral da Shanghai Waogaoqiao Shipbuilding Co., Ltd (SWS).

“Estamos realmente honrados em fazer parte desse projeto inovador, para o primeiro navio de cruzeiro construído na China”, diz Peter Terwiesch, presidente da divisão de automação industrial da ABB. “A ABB tem um histórico de longa data no fornecimento global de soluções elétricas, digitais e conectadas ao mercado de cruzeiros e, com nossa forte experiência local e soluções comprovadas, estamos comprometidos em dar suporte às atuais e futuras demandas de navios de cruzeiro da China”, completa Terwiesch. Segundo informações da empresa, a tecnologia da ABB melhorará o desempenho do navio e, consequentemente, o conforto dos passageiros, a eficiência de combustível e a redução de emissões.

A embarcação dará apoio ao crescente mercado chinês de navios de cruzeiro, que poderá até rivalizar com o dos Estados Unidos nas próximas décadas, de acordo com a China Cruise and Yacht Industry Association. Com o alto potencial do mercado consumidor chinês e com os rápidos desenvolvimentos na construção naval, a expectativa é de que o país gere uma demanda significativa para viagens de cruzeiro na próxima década, tornando-se uma potência também nesse tipo de turismo.

A nova embarcação fará parte de uma frota de navios de cruzeiro construídos na China, operada pela CSSC Carnival Cruise Shipping Limited, uma joint venture entre a Carnival Corporation Plc e a China State Shipbuilding Corporation (CSSC). A Xangai Waigaoqiao é uma subsidiária integral da CSSC.

A ABB tem hoje quatro negócios globais focados no cliente: eletrificação, automação industrial, movimento e robótica e automação discreta, suportados pela plataforma digital ABB Ability.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta