Primeira Hackatona EMTU-Metra cria soluções inovadoras para o transporte público

Hackatona EMTU-Metra

A 1ª Hackatona Metropolitana EMTU-Metra terminou no dia 19 passado e teve como vencedoras as equipes Computer Society, Sales Soluções e Top Dow, que desenvolveram aplicativos para melhorar o transporte público. Esta foi a 26ª realizada em todo o mundo e a primeira no Brasil dedicada ao transporte público e que teve como tema “O Transporte Público Sustentável e Acessível Como Centro das Soluções de Mobilidade Multimodal” e contou com o apoio da União Internacional do Transporte Público (UITP) e da Fundação Youth for Public Transport (Y4PT).

 Entre as dez equipes participantes da maratona tecnológica, que durou 34 horas no último final de semana, na sede da EMTU, em São Bernardo do Campo, os três grupos foram selecionados pelas seguintes ideias:

  • Computer Society propôs o desafio para a automatização da roteirização do Serviço Especial Ligado, utilizado para transportar crianças com mobilidade reduzida;
  •  Sales Soluções optou pelo desafio do aprimoramento das informações para os clientes dos serviços com base na comunicação entre os usuários por meio de aplicativo;
  •  Top Down apresentou o desafio em vários aspectos do serviço como o uso do celular em substituição aos cartões eletrônicos para o pagamento das tarifas, para a compra de passagens e informações, por meio de geolocalização, para otimizar a distribuição dos passageiros no sistema.

Juntas, as três equipes semifinalistas, Computer Society, Sales Soluções e Top Dow apresentam no dia 23 de março, suas propostas durante a Semana UITP América Latina, que acontecerá no Centro Britânico Brasileiro, na capital paulista. As três equipes ganharam como “prêmio” a criação de uma incubadora (startup) por um período de até seis meses. Será permitido aos integrantes darem prosseguimento às ideias apresentadas dentro de um ambiente com a infraestrutura necessária a ser disponibilizada por técnicos da EMTU.

Os 11 grupos de programadores, designers ou técnicos das áreas de inovação e tecnologia se reuniram durante todo o final de semana com o objetivo de desenvolver, em 34 horas ininterruptas, propostas de solução para o problema de mobilidade.

 

O que é uma Hackatona?

“Hackatona” (vocábulo que mistura as palavras hacker e maratona) é uma atividade intensiva onde um conjunto de pessoas (programadores, designers, técnicos etc.) da área de inovação e tecnologia se reúnem intensivamente com o objetivo de desenvolver em curto espaço de tempo uma solução ou proposta de solução para um problema de mobilidade específico proposto.

A meta é entregar um protótipo, ou uma prova de conceito de uma possível solução. Não se espera que o resultado seja o produto ou sistema concluído, mas que ele contenha as características principais que permitam comprovar sua aplicação prática.

Ao término do período proposto o resultado desenvolvido é apresentado a uma comissão julgadora e aos demais participantes. São escolhidas as melhores soluções para premiação ou para o apoio à continuidade do projeto.

É comum que não se aceitem soluções completas ou parcialmente pré-desenvolvidas, permitindo assim que a realização aconteça ao longo do evento. Recursos-chave como dados e internet são oferecidos aos participantes e o resultado final pode ser disponibilizado para a comunidade.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta