Porsche e Boeing se unem na criação de carros elétricos voadores

porsche e boeing

Num anúncio em conjunto, Porsche e Boeing firmaram uma colaboração ativa para desenvolver um e-VTOL – veículo elétrico voador para pouso e decolagem verticais – e explorar os diferentes aspectos da mobilidade aérea urbana. Isso significa que essa associação cobrirá não apenas o design e o fabrico dos veículos voadores, mas também a exploração de ideias e de conceitos de como seria um mundo com veículos voadores nas nossas cidades.

porsche e boeing

Segundo Steve Nordlund, vice-presidente e gerente geral da Boeing NeXt “essa colaboração baseia-se nos nossos esforços para desenvolver um novo ecossistema de mobilidade segura e eficiente e dá-nos a oportunidade de desenvolver ainda mais um veículo de mobilidade aeroespacial urbano de ponta com o apoio de uma marca automotiva líder.”

Seguindo os passos da Audi, que anunciou uma parceria com a Airbus, a Porsche divulgou que quer ir além do táxi aéreo e explorar um modelo “Premium”, apostando em um mercado de mobilidade aérea suficientemente ávido para investimento desta monta.

Na verdade, de concreto no acordo entre Porsche e Boeing só há a intenção de explorar a viabilidade da mobilidade área urbana além do conceito da Aurora Flight Sciences, uma startup adquirida pela Boeing em 2017, que desenvolve aeronaves elétricas e autônomas.

Mobilidade aérea

Os problemas da mobilidade urbana são cada vez maiores em todo o mundo, como resultado da crescente urbanização, particularmente em megacidades e o uso do espaço aéreo pode ser uma das possíveis soluções para os problemas de mobilidade urbana. Assim, líderes de aviação e de tecnologia estão trabalhando para tornar os veículos voadores movidos a energia elétrica uma realidade.

Depois da Airbus apresentar o Pop.up, e a própria Boeing anunciar o projeto Vahana, até a Daimler fez incursões neste tipo de veículos ao se juntar a um consórcio que investiu 25 milhões de euros (US $ 30 milhões) na Volocopter da Alemanha, para desenvolver um táxi voador elétrico.

Recentemente a Embraer, por meio da Embraer X, uma organização da empresa dedicada ao desenvolvimento de negócios disruptivos, também entrou no jogo ao apresentar seu eVTOL.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta