Parceria da Bosch com start-up asiática oferece eScooters para a mobilidade urbana

escooters

Um programa teste em Berlim, que começou em agosto do ano passado com 200 scooters totalmente elétricas, deu tão certo que, a partir de primeiro de abril, a cidade acrescentou 800 scooters à rede.

O programa é uma parceria da Coup eScooter, uma subsidiária de serviços compartilhados da Bosch com a Gogoro, uma start-up de Taiwan, criada em 2011 e que se tornou líder global em scooters conectadas e movidas a eletricidade.

O compartilhamento proporcionou aos moradores de Berlim, na Alemanha, uma nova opção de mobilidade além de ser modelo simples de precificação. Os clientes podem localizar, reservar e usar a eScooter a qualquer momento e, depois que chegarem ao destino, deixam a motocicleta em pontos determinados.

“Com a Coup, a Bosch disponibiliza ao mercado sua primeira concessão no setor da mobilidade puramente para o usuário final, além de criar uma marca independente”, disse Markus Heyn, membro da direção mundial da Bosch e responsável pelo projeto, na época do lançamento.

As grandes cidades são caracterizadas pelo tráfego intenso e pela escassez de vagas para estacionar, mas também há o desejo por uma mobilidade individual. Além disso, a geração mais jovem, que demanda por mobilidade e flexibilidade, não tem como prioridade ou não acha necessário a aquisição de um automóvel.

Como resultado, a empresa já está trabalhando em soluções conectadas para gerenciamento de vagas de estacionamento, gestão de frota baseada na nuvem, e assistentes de mobilidade em aplicativos que suportam o uso multimodal de diferentes tipos de transporte. O novo serviço de compartilhamento da Coup representa mais um passo no setor de negócios Soluções para Mobilidade.

 

Sistema inteligente de troca de baterias permite aos clientes pegarem baterias novas nos quiosques estacionados em torno da cidade

A Gogoro – que foi criada pelo ex-diretor de inovação da HTC, Horace Luke, e tem algum apoio financeiro de empresas como a Panasonic – lançou a Smartscooter em janeiro de 2015. O veículo tem um painel digital e um aplicativo de telefone que controla sons e luzes personalizáveis. O destaque é o sistema inteligente de troca de baterias que permite aos clientes pegarem baterias novas nos quiosques estacionados em torno da cidade.

As eScooters têm autonomia de aproximadamente 100 quilômetros e os usuários não precisam se preocupar com a recarga, pois a Coup cuidará disso para eles. O preço é baseado em uma taxa fixa que cobra 3 euros por 30 minutos ou 20 euros para o dia inteiro. O serviço é acessado via um aplicativo de acompanhamento, cuja interface intuitiva facilita localizar, agendar e pagar por uma scooter. Até mesmo a abertura do compartimento do capacete é controlada pelo smartphone, o qual está conectado na eScooter via Bluetooth.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta