Sora, o ônibus elétrico da Toyota para rodar em 2018

ônibus Sora da Toyota

O Sora é um novo ônibus que une a tecnologia de célula de combustível à de motores elétricos da Toyota. A proposta é que ele funcione para o mundo e para as pessoas, sendo ambientalmente amigável e contribuindo para as comunidades além de seu papel como serviço de mobilidade.

O ônibus, que será produzido em massa, tem importante representatividade no Desafio Ambiental Global 2050, lançado pela Toyota em 2015. Neste desafio, uma das metas estabelecidas pela companhia é a redução de 90% das emissões de CO2 originadas a partir de seus veículos novos até 2050.

A concepção do nome Sora representa o ciclo da água na Terra com as iniciais de “Sky”, “Ocean”, “River” e “Air”. O desenvolvimento do conceito foi guiado por duas ideias principais: aumentar o conforto dos passageiros que utilizam este tipo de transporte e fazer o melhor uso das características da unidade de célula de combustível por meio da adoção do Toyota Fuel Cell System (TFCS), desenvolvido e aplicado pioneiramente para o Mirai, para oferecer um desempenho ambiental superior sem emissões de CO2 ou outras substâncias perigosas ao meio ambiente.

Equipado com um sistema de alimentação externa de alta capacidade, o Sora possui elevada potência e grande capacidade de fornecimento de eletricidade (9 kW de potência máxima e fornecimento de eletricidade de 235 kWh) e pode ser usado como fonte de energia em casos de emergência, como após desastres, por exemplo.

A Toyota também priorizou design e itens de segurança no desenvolvimento do Sora, como controle de frenagem e aproximação das paradas, um sistema inédito no Japão, que detecta o alinhamento da via possibilitando que o ônibus pare a uma distância ideal da guia.

A Toyota planeja iniciar as vendas de um modelo comercial baseado no conceito SORA já em 2018. A expectativa é introduzir mais de 100 ônibus, principalmente na área metropolitana de Tóquio, tendo em vista os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020.

A Toyota acredita que os elétricos serão certamente uma das soluções-chave em um futuro próximo. Por essa razão, a empresa possui parcerias com a Mazda e a Denso para o desenvolvimento de arquitetura EV, visando a produção em massa. Da mesma forma, a Toyota investe em pesquisas de baterias avançadas há muito tempo, e acredita que a tecnologia de baterias em estado sólido tem potencial de melhorar drasticamente a autonomia.

“Hoje, a Toyota já vende 37 carros eletrificados em mais de 90 países, com cerca de 1,5 milhão de unidades vendidas anualmente. Na verdade, se considerarmos todo o mercado global de “veículos eletrificados”, a participação de mercado da Toyota é de 43%”, declarou Didier Leroy, vice-presidente executivo da Toyota Motor Corporation

O executivo destacou, no entanto, que a Toyota não está se afastando das células de combustível, mencionando os novos conceitos Full Cell que demonstram o firme compromisso da empresa na concretização de uma sociedade do hidrogênio.

Durante a coletiva de imprensa, realizada na manhã do dia 25, em horário local de Tóquio, Didier explicou como o slogan recém-lançado pela companhia “Start Your Impossible” está atrelado ao desafio assumido pela empresa em oferecer mobilidade para todos como uma forma de liberdade, considerando que “quando as pessoas são livres para se mover, tudo é possível”.

Para cumprir com este seu desafio de oferecer mobilidade para todos, a Toyota vem encontrando inspiração nos atletas olímpicos e paralímpicos, que todos os dias se dispõem a atingir seu “próprio impossível”. De acordo com Leroy, a Toyota enxerga a rapidez com que a indústria e as novas tecnologias estão evoluindo como uma oportunidade de transformação neste sentido, uma vez que a paixão pela mobilidade vai além dos carros.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta