O futuro do transporte público será foco de evento nos Estados Unidos

ThinkTransit 2019

De olho em soluções inovadoras que possam ser adaptadas para atender às necessidades de empresas operadoras do transporte urbano de passageiros no Brasil, a Empresa 1, companhia brasileira recém-adquirida pelo grupo canadense Volaris, participará na próxima semana do ThinkTransit 2019, em Tampa, na Flórida, evento que reúne tendências e produtos inovadores para o setor.

O ThinkTransit, organizado pela Trapeze North America, aborda desde soluções de ITS (Intelligent Transportation Systems), que monitoram em tempo real tudo o que acontece no sistema de ônibus de uma cidade, até maneiras criativas de trabalhar o transporte sob demanda, com a integração do transporte público com outros modais de mobilidade urbana. O objetivo é apontar caminhos para a melhoria do transporte de passageiros, por meio da tecnologia para tornar a jornada do usuário mais eficiente, confortável e rápida.

Marcionilio Sobrinho, diretor técnico (esq.) e Romano Garcia, diretor comercial

Durante o evento, a Empresa 1 vai apresentar seu sistema de reconhecimento facial para uso no transporte público, desenvolvido no país. “A nossa solução vai muito além do que as pessoas imaginam, quando se fala de reconhecimento facial. Não se trata só de identificar um usuário no ônibus e saber se ele está usando o próprio cartão para pagamento. É algo muito maior, que envolve big data (cruzamentos de dados armazenados em nuvem), estatística e inteligência e artificial, com o fim não só de prevenir fraudes, mas também de entregar serviços melhores e mais eficientes para o próprio usuário, baseado em seu comportamento e sua jornada”, explica Marcionilio Sobrinho, diretor técnico da Empresa 1.

“Nossa missão é transformar o setor no Brasil, através da integração fácil de sistemas. Sabemos que cada vez mais o usuário está no centro de tudo. Costumo dizer que o poder hoje está com o passageiro. E é com este foco que vamos ao evento da nossa parceira (Trapeze), buscando soluções que possam ser integradas à nossa realidade e atraiam cada vez mais usuários para o transporte público no Brasil, contribuindo não só com nossos clientes, mas com o país”, diz Romano Garcia, diretor comercial da Empresa 1. “A gama de tendências é enorme e envolve soluções de robótica, internet das coisas (IOT), aplicativos e soluções de arrecadação. Estaremos atentos para trazer o que há de mais inovador neste mercado”, complementa o executivo.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta