Modern Logistics traça planos ousados para 2017

modern logistics

Apesar de a retomada econômica mostrar-se ainda tímida, a Modern Logistics tem planos ousados para este ano. O integrador logístico, que é resultado de investimentos da ordem de US$ 75 milhões, quer chegar ao fim do ano com dez cidades incluídas na malha aérea regular e três aeronaves cargueiras em operação.  O primeiro Boeing 737-400F já está pronto para voar. Os outros dois estão em fase final de negociação.

Em paralelo, a meta da empresa é chegar em dezembro com quatro centros de distribuição operacionais e TECAs, terminais próprios de carga aérea, em três cidades.

 

“O ano de 2017 vai marcar o início das operações regulares da Modern Logistics, assim como a assinatura dos primeiros contratos de logística integrada nos segmentos de eletroeletrônicos e fármacos”, disse o CEO da Modern Logistics, Gerald Blake Lee. Desde que foi criada, a Modern Logistics vem investindo pesado para cobrir a demanda destes dois setores. No ano passado, obteve a certificação da Anvisa e também o IATA CASS.

 

Ainda no ano passado, o novo integrador logístico realizou algumas operações, chegando a movimentar 6,5 toneladas de carga aérea, basicamente entre Viracopos e Manaus. A Modern Logistics foi escolhida pela Emdisa, no ano anterior, para atuar como operador logístico da empresa no Norte do país, tendo Manaus como base. A Emdisa é representante e distribuidora dos produtos Hasbro, Yellow e Oregon (Brinquedos) e Avents (Philips) nas regiões norte e nordeste do país.

No armazém de Manaus, com 3.104 metros quadrados, a Modern realiza operações de recebimento, armazenagem, expedição e transporte (rodoviário) de produtos Emdisa para toda a região norte. Com 100 colaboradores hoje, a Modern Logistics também tem planos para começar a atuar nas operações de transporte de animais vivos ainda este ano, com as operações de trânsito aduaneiro, transporte aéreo e rodoviário.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta