Minas Gerais pode abrigar a primeira montadora de veículos movidos a célula de hidrogênio

Grove Hydrogen

A Grove Hydrogen Automotive Co. Ltd. assinou um acordo de cooperação, durante o Salão de Xangai, com o Estado de Minas Gerais para a produção e distribuição de veículos movidos a célula de hidrogênio no Brasil.

Grove Hydrogen
Eduardo Brito, superintendente de investimentos de atração e comércio exterior do Estado de Minas Gerais e Hao Yiguo, CEO e fundador da Grove Hydrogen Automotive

Segundo o acordo, a empresa chinesa pretende ser uma pioneira deste combustível não só no Brasil, mas para toda a América do Sul e a parceria com o Estado é o primeiro passo para alcançar este objetivo.

“Assim como a China, o Brasil é um país rico em recursos geográficos”, disse Hao Yiguo, CEO e fundador da Grove Hydrogen Automotive. “A Grove está focada em estabelecer a mobilidade sustentável em todo o mundo e, em Minas Gerais, temos o parceiro e o local para criar carros ecológicos como o que estamos fazendo atualmente na China.”

Grove Hydrogen

No Salão do Automóvel de Xangai, a Grove lançou um modelo movido a célula de hidrogênio e, segundo a empresa, os veículos terão a autonomia de rodar 1.000 quilômetros com um único tanque que pode ser reabastecido em apenas alguns minutos.

Grove Hydrogen
Coupe Grove Granite, em exposição no Salão de Xangai

A IGE, empresa matriz da Grove, é o principal grupo da China em termos de produção, desenvolvimento e manutenção de veículos a hidrogênio. É também a empresa-mãe da Wuhan Tiger, uma empresa de motor de célula de combustível de hidrogênio de veículo pesado. Esse ecossistema permite que a Grove suporte o desenvolvimento não apenas da mobilidade de hidrogênio, mas também de toda a indústria de veículos a hidrogênio

“O Estado de Minas Gerais dá as boas-vindas à IGE e à Grove, e a parceria também aumenta a já extensa cooperação entre o Brasil e a China”, disse Eduardo Brito, superintendente de investimentos de atração e comércio exterior do Estado de Minas Gerais. “O equilíbrio entre produção de energia limpa e desenvolvimento econômico está de acordo com as diretrizes de desenvolvimento do estado, e estamos ansiosos para que essa parceria nos leve a um futuro brilhante de veículos movidos a hidrogênio”, concluiu Brito.

De acordo com a cooperação, uma equipe conjunta será estabelecida para avaliar toda a economia de hidrogênio a partir do desenvolvimento, produção e distribuição de veículos movidos a hidrogênio. Desenvolver veículos movidos a hidrogênio criará muitas oportunidades para empresas brasileiras participarem de toda a cadeia

“A equipe mineira se compara ao pioneirismo da Grove”, disse Brendan Norman, diretor de marketing e estratégia da Grove. “Nossos especialistas, juntamente com a equipe brasileira, garantirão o sucesso desse programa extremamente empolgante, planejado para se expandir ainda mais para toda a América do Sul.

O programa começará imediatamente. O teste começará no final de 2019 e a operação começará no final de 2020.

Na China, a Grove pretende se concentrar em carros com células de combustível, começando com um SUV de quatro portas que planeja lançar ainda este ano. A empresa diz que alcançará a produção em massa no próximo ano.

A energia do hidrogênio é considerada uma energia “absolutamente limpa”, já que a água é o único subproduto a ser produzido e consumido.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta