Mercedes-Benz fecha negócio de 222 caminhões com a Transpanorama

Mercedes-Benz vende 222 caminhões para Transpanorama

A Mercedes-Benz vende 222 caminhões para a Transpanorama, de Maringá (Paraná), uma das maiores empresas de transporte rodoviário de cargas do Brasil. São 154 extrapesados Axor 2036, 53 semipesados Atego 2430 e outros 15 do modelo Atego 1726 para renovação e ampliação de frota e serão entregues até o final do ano para transportar cargas fracionadas aos Correios.

“Com essa compra, totalizamos 350 caminhões Mercedes-Benz, o que equivale a quase 32% dos 1.100 veículos que temos no total. Assim, continuamos mantendo uma frota de alta qualidade para atender aos Correios, nosso tradicional cliente”, ressalta Claudio Adamuccio, diretor administrativo da Transpanorama.

Dois terços dos caminhões adquiridos pela transportadora são para renovação de frota e o restante para ampliação, devido à novos contratos que a empresa firmou com os Correios para operação em 17 Estados.

Para Adamuccio, soluções focadas nas necessidades de sua empresa foram determinantes para o negócio. O executivo cita, por exemplo, a Oficina Dedicada implantada pelo concessionário Divena no Terminal de Cargas da Transpanorama em São Paulo. “Isso nos traz muitas vantagens. Contamos com serviços de mecânico e eletricista na nossa garagem, com peças de reposição e atendimento nos horários que precisamos”, afirma. “Estamos vendo com muito bons olhos essa modalidade de prestação de serviço”, concluiu o diretor da empresa.

O suporte completo da Mercedes-Benz à Transpanorama também envolveu o financiamento dessa aquisição de 222 caminhões: 80% foram viabilizados pelo Banco Mercedes-Benz, entre Finame e CDC. Além da Divena, o cliente é atendido pelo concessionário Ingá Veículos, de Maringá.

Sobre a Transpanorama

Com matriz em Maringá, base em 11 cidades e um Terminal de Cargas na cidade de São Paulo, a Transpanorama tem mais de 32 anos de história e está entre as 10 maiores frotas do Brasil para transporte rodoviário. Após 10 anos no setor de produtos hortifrutigranjeiros no Estado de São Paulo e com madeiras no Mato Grosso, a empresa se especializou em grãos, cargas fracionadas, industrializados e líquidos, como óleo degomado, glicerina, óleo vegetal, além de vários tipos de combustíveis: etanol, gasolina, diesel, biodiesel e metanol.

Em 2000, a Transpanorama juntou-se à outras transportadoras para a fundação do Grupo G10, que se posiciona entre os cinco maiores no ramo de transporte rodoviário do Brasil. O Grupo reúne empresas independentes que se uniram para buscar mais qualidade e agilidade ao sistema de gestão de logística e transporte de carga.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta