Mercedes-Benz prevê aumento nas vendas de chassis com cabine

nova sprinter chassi baú

Ao mesmo tempo em que completa 20 anos de sua linha Sprinter no mercado brasileiro, com 125.000 unidades vendidas no país, a Mercedes-Benz prevê aumento nas vendas de comerciais leves em 2017.  A montadora estima um crescimento entre 5% e 10% no mercado total de Large Vans (3,5 a 5 toneladas de PBT), categoria de mercado inaugurada pela Sprinter no Brasil em 1997, com a comercialização de chassis com cabine, furgões e vans.

“Alguns setores da economia dão sinais positivos de aquecimento e, entre eles, destaca-se o e-commerce, com expectativa de aumento de 13% neste ano”, afirma Werner Schaal, gerente sênior de Marketing & Vendas Vans da Mercedes-Benz do Brasil. “Este cenário cria ótimas perspectivas para nossos veículos comerciais leves Sprinter. No caso do chassi com cabine, por exemplo, o mercado total deve ter um avanço entre 10% e 15% nas vendas em 2017.”

Com três modelos à disposição do cliente, os chassis com cabine da linha Sprinter (313 Street, 415 e 515) permitem a instalação de diversos tipos de carrocerias e implementos e oferecem uma excelente capacidade de carga, com até 22 metros cúbicos de espaço útil e carga útil de até 2.990 kg, assegurando produtividade e rentabilidade.

 

“Os veículos Sprinter são ideais para transporte urbano de cargas e distribuição de mercadorias, especialmente por sua versatilidade de uso e sua agilidade no trânsito, podendo circular mesmo em zonas de restrição, como em regiões centrais de grandes cidades”, ressalta Werner Schaal. “E graças a suas dimensões compactas e reduzido círculo de viragem, o chassi Sprinter assegura ótima dirigibilidade e facilidade de manobra, agilizando as operações de carregamento e descarregamento, mesmo em locais estreitos e de difícil acesso. Além disso, oferece um elevado padrão de conforto e segurança para o motorista e ajudantes.”

 

Os chassis com cabine Sprinter podem ser equipados com baú, carga seca, baú frigorificado, carroceria aberta e para bebidas e outros implementos. Com isso, atendem a diversas demandas do setor de e-commerce, como o transporte de eletrodomésticos, eletrônicos, informática, móveis, casa e decoração, e cargas fracionadas.

Além do e-commerce, os chassis com cabine Sprinter são indicados para entrega de produtos de supermercados, hortifrúti, bebidas, congelados e materiais de construção, além da prestação de serviços, como food trucks, autossocorro, unidades móveis e cesto elevatório para aeroportos e manutenção de redes elétricas, informa a montadora.

A Mercedes-Benz vem registrando um aumento sistemático de participação de mercado em veículos comerciais leves no segmento de Large Vans. “Em apenas cinco anos, aumentamos nosso market share em mais de 12%, passando de 14% em 2011 para 26,6% em 2016”, diz Werner Schaal. “Esse resultado é muito expressivo, por tratar-se de um segmento extremamente competitivo e com potencial de crescimento no país nos próximos anos.”

Em 2016 foram comercializadas mais de 4.800 unidades da linha Sprinter no mercado brasileiro. Com isso, a Mercedes-Benz obteve a participação de 26,6%, representando 2% a mais em relação aos 24,5% de 2015.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta