Mercedes-Benz do Brasil inicia produção de respiradores e máscaras

A Mercedes-Benz do Brasil engajou-se nas ações de combate à disseminação do coronavírus e iniciou, esta semana, testes para produzir aparelhos respiradores, conhecidos como ventiladores mecânicos, em suas instalações. A empresa também começou a fazer máscaras de proteção facial em impressoras 3D.  

respiradores e máscaras

A montadora fechou parceria com o Instituto Mauá de Tecnologia, instituições da área médica e, com o apoio de secretárias das cidades do ABC Paulista, envolveu-se no desenvolvimento de respiradores utilizando como matéria-prima peças da indústria automotiva. A expectativa é de que a produção comece, efetivamente, nos próximos dias em fábricas da Mercedes-Benz e em outras empresas parceiras que também se voluntariaram para suprir, com urgência, hospitais de São Paulo, estado que está com o maior número de casos confirmados.

respiradores e máscaras

Também em parceria com o Instituto Mauá de Tecnologia e com a Universidade de São Paulo (unidade de São Carlos), a Mercedes-Benz iniciou a produção de máscaras de proteção facial, atualmente essenciais para os profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus. Cerca de dez máscaras estão sendo fabricadas por dia em impressoras 3D da empresa e do Instituto Mauá, conforme a demanda, e serão destinados para hospitais da região do ABC.

Além dos esforços para ajudar a produzir respiradores e máscaras, a companhia, em parceria com o Banco Mercedes-Benz, está comprometida com a doação de cestas básicas e itens de higiene para comunidades carentes, além de diversos itens médicos para hospitais. Até esse momento, já foram entregues cerca de mil óculos de proteção para o Pronto Socorro Municipal de São Bernardo do Campo (SP). Para o Pronto Atendimento de Iracemápolis, cidade do interior paulista onde a Mercedes-Benz produz automóveis, estão sendo doados 700 pares de luvas, 30 óculos de proteção e cerca de 540 máscaras respiradoras. Além disso, estão previstas doações de luvas, máscaras e 2 mil testes do Covid-19 para hospitais próximos às plantas da empresa.

Simultaneamente, colaboradores, concessionários e parceiros Mercedes-Benz estão sendo convidados a participar de uma campanha de solidariedade com doações de cestas básicas e itens de higiene também para todos os municípios de atuação da companhia. A campanha deve continuar até 21 de abril, com possibilidade de prorrogação.

Empréstimo de veículos

Em outra linha de ação, a Mercedes-Benz disponibilizou duas vans Sprinter para uso da Prefeitura de São Bernardo do Campo no transporte de passageiros. Em parceria com a Viação Piracicabana, a montadora também emprestou, sem qualquer custo, três vans com motoristas para o transporte diário de funcionários da empresa Magnamed, em Cotia (SP), que vão trabalhar em dois turnos para produzir máscaras faciais para o combate à Covid-19.

“Através de todas essas iniciativas, a Mercedes-Benz do Brasil coloca à disposição suas instalações e sua força de trabalho voluntária a fim de ajudar em todas as frentes possíveis. Nosso propósito é justamente esse: trabalhar ‘Para todos que movem o mundo’. Mais do que nunca, nos comprometemos a ajudar ao próximo e superarmos juntos esse momento extremamente desafiador, tanto para o Brasil quanto para todo o mundo”, declara Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta