Mercedes-Benz abandona a produção da picape X Class

picape X Class

As aspirações da Mercedes-Benz de participar do segmento de picapes de médio porte, cujas projeções apontam para 3,2 milhões de unidades nos próximos 10 anos, foram enterradas com o anúncio do encerramento da produção da picape X Class a partir do final de maio deste ano.

Lançada como um produto premium em 2017, a  picape X Class foi  direcionada a mercados nichos como Austrália, Africa do Sul e América do Sul,  mas suas vendas nunca chegaram a ser relevantes. A Mercedes vendeu apenas 15.500 unidades em 2019.

Antes do anúncio do encerramento da produção em sua fábrica de Barcelona, na Espanha, a montadora alemã ja havia abandonado seus planos de produzir sua picape também na Argentina, alegando que “as expectativas de preço dos clientes latino-americanos não eram economicamente viáveis”.

Com recursos complexos e caros, a X Class, baseada na plataforma da Nissan Navara e da Alaskan da Renault, chega ao mercado com preços até 50% maiores do que de seus co-irmãos.

A picape X Class estará disponível ao mercado, em configurações específicas, até dia 11 de fevereiro. A partir desta data só serão comercializadas unidades em estoque.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta