Mascarello vende 200 Gran Micro S3 durante a Lat.Bus

gran micro s3

A paranaense Mascarello concretizou a venda de 200 unidades de seu novo ônibus, a versão 2019 do Gran Micro S3, durante a Lat.Bus – Feira Latino-Americana de Transporte, realizada em São Paulo. A nova versão da carroceria foi lançada na feira e, segundo Antonio Carlos Capecce, gerente comercial da Mascarello, o modelo agradou a ponto de levar à evolução de vendas durante o evento. “O novo ônibus atraiu bastante, os clientes que foram ao nosso estande ficaram satisfeitos com a novidade”, comemora o executivo. Essas primeiras unidades foram vendidas para a Norte Buss Transportes, empresa de transporte público da cidade de São Paulo, que opera na Área 2 da SPTrans, para uso na Zona Norte da capital paulista.

Antonio Carlos Capecce gran micro s3

O Gran Micro S3 é uma versão de micro-ônibus destinado ao transporte urbano de passageiros e ao fretamento. “Desenvolvemos um design de veículo que tem apelo tanto para o ônibus urbano quanto para o rodoviário, fazendo com que um carro pequeno ficasse bonito, com design agradável”, explica Capecce. O veículo ganhou um novo conceito estrutural que o deixou mais leve, com 250 kg a menos. “Com um conceito de engenharia bastante avançado, conseguimos ter uma estrutura bem resistente e leve. Isso é muito importante no custo operacional da empresa porque transportar aço não agrega nenhum valor para o empresário de ônibus”, pondera o gerente da Mascarello.

A leveza da estrutura é importante para a redução no consumo de diversos itens, como combustível, pneus e freios. As modificações foram feitas, basicamente, nas espessuras de material e nas áreas de reforço. A empresa também apostou em um design mais moderno do veículo e em itens que permitem redução de custo de manutenção como o atual conjunto ótico e a separação das ponteiras de para-choque que possibilitam fazer a manutenção do ônibus de maneira mais barata. A altura interna do carro aumentou quatro centímetros, para 3,2 metros e o comprimento manteve-se em 8,75 metros. Segundo Capecce, essa carroceria pode ser feita sobre qualquer chassi do mercado nacional; na feira o modelo exposto foi encarroçado em um Volkswagen 9.160 Urban.

gran via ST

O outro veículo que a Mascarello expôs em seu estande na feira foi o Gran Via ST, um ônibus urbano montado sobre um chassi OF 1721 da Mercedes-Benz. O veículo passou por alterações de conceitos estruturais para economia com custos de manutenção. “Fizemos mudanças nos revestimentos internos, dos punhos de balaústres e corrimão, e mexemos no conceito de estrutura porque alguns tubos foram revistos. O carro está bem moderno e hoje conseguimos ser bem competitivos no mercado”, afirma o gerente.

Mercado

Capecce relata que a evolução do produto da Mascarello tem sido muito importante e os clientes têm dado retorno positivo sobre os conceitos de engenharia e de qualidade. Ele diz que 2018 está sendo um ano muito bom para a encarroçadora. “Tivemos uma concentração de vendas ao governo no primeiro semestre, com altos níveis de produção. Criamos, a partir de janeiro, o segundo turno e até o terceiro turno em algumas áreas da fábrica. Contratamos mais de 600 pessoas para poder dar conta de pedidos da Iveco, que somam 1.000 unidades – já entraram 400 –, e da Mercedes-Benz, que teve uma encomenda de 900 carros – desses, já fizemos cerca de 700 ônibus no primeiro semestre”, relata.

Esse aumento de produtividade nos seis primeiros meses do ano representa um acréscimo de 30% sobre o volume produzido no primeiro semestre do ano passado. “O mercado continua movimentado, as vendas não estão muito fortes, mas estamos fechando negócios e a expectativa é manter os níveis de produção e atingir em torno de 2.500 carros Mascarello neste ano”, prevê o executivo, ressaltando que a marca é hoje a terceira maior fabricante de carrocerias do país, com participação em torno de 11% do mercado. “Dobramos nossa participação de mercado nos últimos dois anos”, assinala.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta