MAN projeta aumento de vendas de extrapesados e aposta em nova versão do TGX

A MAN também desenvolveu um novo modelo feito sob medida para a Protege, seu cliente do segmento de transporte de valores

nova versão do MAN TGX

A participação do segmento de extrapesados dentro do mercado de caminhões vem crescendo de forma significativa nos últimos dois anos. Segundo informações da MAN Latin America, no ano passado, essa fatia de veículos pesados representou 26% do total comercializado no país e este ano já ultrapassa os 32% (vendas de março), com impulso dado principalmente pela safra recorde que movimentou todo o agronegócio. “Com esse crescimento, nossa projeção para este ano é de que a comercialização de cavalos-mecânicos cresça 22% sobre o ano passado, enquanto o mercado total deve permanecer constante”, afirma Ricardo Alouche, vice-presidente de vendas, marketing e pós-vendas da MAN Latin America.

Com a conquista de um terço do mercado brasileiro, os extrapesados ganharam atenção redobrada da MAN. A montadora acaba de apresentar aos clientes a nova versão do MAN TGX, modelo 2017/2018.

Entre os avanços do novo modelo, o sistema de iluminação ganhou conjunto DRL, ou Daytime Running Lights, com lâmpada de Led nos faróis que permanecem acesas automaticamente com a ignição ligada, atendendo à atual legislação. Esse mecanismo resulta em certa economia de operação, porque poupa as demais luzes do veículo, uma vez que seu acionamento não envolve o restante do sistema de iluminação. Além disso, as lâmpadas Led têm maior durabilidade do que os faróis tradicionais.

A nova cabine do modelo 2017/18 vem com uma série de vantagens, entre elas o painel que ocupa menor espaço no interior, formando, praticamente, um corredor entre os dois ocupantes da cabine. Atrás dos bancos, um suporte com maior quantidade de compartimentos para guarda de objetivos pode se transformar em uma segunda cama em forma de beliche.

Houve mudança também na aplicação do logotipo. O símbolo da MAN, um leão, foi aplicado tanto na grade dianteira quanto no volante do motorista e ganhou um fundo negro para ressaltar seus traços e robustez. O volante está com novo visual para agregar a mudança no logotipo e a grade frontal ganhou reforço.

No interior da cabine, o material de revestimento é oferecido com cores mais claras que elevam o conforto para o motorista.

No painel de instrumentos, nas portas e cortinas predomina a cor marfim que resulta em um ambiente mais leve para os profissionais que passam muitas horas dentro da cabine.

 

“O modelo está mais eficiente, mais atraente e mais competitivo”, defende Alouche. “Cada mudança em nosso design é fruto de estudos minuciosos para oferecer benefícios diretos ao cliente. A versão 2017/2018 do nosso caminhão premium MAN TGX traz esse conceito e cria uma sensação de leveza e conforto aos modelos para uma maior produtividade nas estradas. Em outra ponta, o cliente terá uma economia imediata com seu sistema de iluminação”, complementa o executivo.

 

Outro diferencial inerente à linha MAN TGX é o trem de força. O MAN D26 entrega elevado torque em uma ampla faixa de rotações para o melhor consumo de combustível e menor custo de manutenção, proporcionado também pela caixa automatizada MAN TipMatic, de 16 velocidades e com um escalonamento das marchas bastante eficiente.

 

Apelidado de Titanis, o modelo Constellation 25.420 Tractor é considerado o maior caminhão de carga blindado do país, com capacidade para transporte de 28 pallets.
Blindado

A MAN também desenvolveu um novo modelo feito sob medida para a Protege, seu cliente do segmento de transporte de valores. Apelidado de Titanis, o modelo Constellation 25.420 Tractor foi desenvolvido para atender ao serviço de transporte de produtos de alto valor agregado em grande escala, como eletrônicos, medicamentos e cartões. O Titanis é considerado o maior caminhão de carga blindado do país, com capacidade para transporte de 28 pallets.

“Esse blindado, extrapesado de 420 cavalos foi desenvolvido pela nossa engenharia, em parceria com a MIB, especialmente para essa aplicação, entendendo a necessidade do mercado”, ressalta Roberto Cortes, presidente e CEO da MAN Latin America.

A empresa comercializou um lote de 120 caminhões Volkswagen para o grupo Protege neste primeiro quadrimestre do ano. O lote inclui chassis 8.160 CE e 9.160 CE, o chassi 5.150, e caminhões para cargas especiais como o Constellation 24.280 8×2. Com os investimentos realizados em 2017 a Protege atingiu a marca de mil chassis Volkswagen em sua frota de blindados.

“O mercado de segurança está crescendo muito”, assinala Cortes. De acordo com o executivo, a montadora tem atualmente 60% de participação no mercado de carros-fortes.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta