Madri inicia testes com o elétrico Irizar i2e

Irizar i2e

O Irizar i2e, ônibus urbano integral completamente elétrico de emissão zero, iniciou testes a serviço da frota da Empresa Municipal de Transportes (EMT) de Madri, em fevereiro deste ano.

Esta iniciativa faz parte dos planos da cidade em avançar na eletrificação do transporte público, dentro dos compromissos assumidos com sustentabilidade e na busca de alternativas e soluções para reduzir o impacto do transporte ao meio ambiente.

O veículo de 12 metros, com capacidade para transportar 76 passageiros – 24 sentados –, tem propulsão totalmente elétrica e autonomia entre 200 e 250 km e é capaz de operar entre 14 e 16 horas com tráfego urbano intenso.

Os testes servirão de referência para a possível aquisição de 78 veículos elétricos até 2020. Durante este ano e o próximo, a previsão é a aquisição de 30 ônibus e 18 miniônibus.

O Irizar i2 possui piso baixo e duas portas com rampa elétrica. Seu motor, com potência de 180kW (241 CV) a 1500 Nm,  é alimentado por uma bateria de sódio-níquel  376 kWh que pode ser recarregada em até 7 horas.

O veículo incorpora princípios de “ecodesign”, pensando na reciclagem de seus componentes. Suas baterias, por exemplo, são 99% recicláveis, segundo a Irizar.

O i2 conta ainda com o sistema “Eco Assist”, que auxilia o motorista em tempo real e tem como objetivo otimizar a condução, reduzindo o consumo energético e o consequente aumento de sua autonomia.

Além de Madri, o veículo também está circulando em fase de testes em outros grandes centros urbanos da Europa como Londres, Barcelona e Marselha.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta