Johnson & Johnson inaugura seu maior CD da América Latina

A Johnson & Johnson Medical Devices inaugurou no GLP Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, seu maior Centro de Distribuição integrado da América Latina. O novo CD vai aumentar a eficiência logística da empresa e deverá atender às necessidades de aproximadamente 2 mil hospitais brasileiros.

Resultado de um investimento de R$ 30 milhões, o espaço disponibilizará mais de 14 mil itens de todas as franquias da marca, desde dispositivos cirúrgicos até próteses, implantes e insumos cirúrgicos, atendendo a milhares de procedimentos cirúrgicos diariamente.

O novo centro de distribuição está em linha com a estratégia global de negócios da companhia, que tem o Brasil como um dos países foco de investimentos, aumentando a capacidade da operação e garantindo o alto nível de serviços para suprir a demanda do setor nos próximos dez anos. O Brasil é o sétimo maior mercado de saúde em todo o mundo e o segundo maior mercado privado da América, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

Localizado no maior condomínio logístico da GLP no Brasil – empresa de instalações logísticas –, o centro de distribuição tem aproximadamente 12 mil metros quadrados e 24 mil posições de armazenagem. O espaço contribuirá para a eficiência logística, garantindo uma operação ágil e de qualidade. Ao todo são 300 funcionários trabalhando 24 horas na distribuição dos produtos

O CD deve abastecer ainda outros 31 países, além do Brasil, com as suturas produzidas na fábrica na Johnson & Johnson em São José dos Campos (SP), considerada o maior e mais diversificado complexo industrial da Johnson & Johnson fora dos Estados Unidos.

“A Johnson & Johnson está presente no país há quase 84 anos, contribuindo para o desenvolvimento do setor de saúde do Brasil por meio do fornecimento de soluções que promovam a melhor experiência e resultado clínico ao paciente, ao mesmo tempo em que ofereçam eficiência de custos em todo sistema de saúde. Nosso compromisso com o país é de longo prazo, por isso a necessidade de aumentar a capacidade da operação já pensando nos próximos dez anos”, explica Adriano Caldas, presidente da Johnson & Johnson Medical Devices no Brasil.

Guarulhos: posição privilegiada

“Um time multifuncional considerou vários aspectos para a escolha do local para a instalação do CD como segurança, qualidade, mobilidade, oferta de mão de obra e vias de acesso que facilitassem as entregas, resultando em ganho logístico tanto para a companhia quanto para os hospitais que utilizam nossos dispositivos para cirurgias”, destaca Ricardo Araújo, vice-presidente de logística da Johnson & Johnson para a América Latina.

Outro destaque do GLP Guarulhos é a localização privilegiada, já que a estrutura está próxima ao Aeroporto Internacional de São Paulo e a rodovias importantes, como a Dutra e Ayrton Senna, além do Rodoanel Mario Covas, o que facilita a entrada e a saída de produtos por conta do melhor acesso. “Agora temos uma operação com capacidade e infraestrutura para fazer frente ao nosso crescimento futuro. Estamos preparados para garantir o fornecimento de inovação no setor de saúde, garantindo o alto nível de serviços”, diz Araújo.

Mauro Dias, presidente da GLP no Brasil, empresa que administra o condomínio onde o CD foi instalado, observa como a localização influencia nos resultados e crescimento da empresa. “Temos dados que apontam que a redução de custos no transporte pode chegar a 20% se a empresa fizer um planejamento que considere a melhor localização para otimizar seus serviços de distribuição”, explica.

O parque logístico é o único do país com um viaduto privativo com acesso direto aos galpões pelos dois sentidos da Rodovia Dutra. “O objetivo dessa obra foi proporcionar aos clientes maior mobilidade na circulação dos veículos e eficiência logística”, completa Dias.

A infraestrutura adequada também é essencial para os resultados positivos: “com uma maior capacidade de armazenagem, pela combinação de altura do pé-direito e capacidade do piso, o espaço é melhor aproveitado e há uma redução no preço proporcional ao metro quadrado que foi locado”, comenta.

Para viabilizar o CD de Guarulhos, a Johnson & Johnson Medical Devices contou com o apoio da Agende Guarulhos – agência de Desenvolvimento – e da Investe SP – agência de promoção de investimentos e competitividade ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta