Land Rover e InMotion lançam serviço premium de aluguel de carros em Londres

Serviço premium de aluguel The Out

As pessoas que moram na cidade de Londres, no Reino Unido, passaram a contar, desde a última semana, com um novo serviço premium de aluguel chamado The Out. Lançado pela empresa InMotion, o serviço permite reservar um veículo Land Rover Discovery Sport HSE, por meio de um celular com sistema operacional Android ou IOS, para ser entregue na própria residência, no escritório ou em qualquer outro endereço solicitado pelo cliente.

O aplicativo tem como objetivo superar os serviços tradicionais de aluguel, ao oferecer veículos de luxo sob demanda, entregues diretamente à porta do cliente. O público alvo são os habitantes da cidade que não possuem veículo próprio e procuram uma alternativa premium aos serviços já existentes de aluguel ou compartilhamento de carros.

O The Out atende a qualquer lugar no centro de Londres, cobrindo as zonas 1-3, bem como os aeroportos de Gatwick, Heathrow e City. Pode ser reservado a partir de £ 295 para um fim de semana, com seguro abrangente, quilometragem ilimitada, assentos infantis, motoristas adicionais e taxa de congestionamento incluída.

“Nós analisamos cada passo da jornada de aluguel de carros, para criar uma experiência perfeita que encanta nossos usuários. Nossos clientes trabalham duro, e agora, mais do que nunca, estão encontrando felicidade e expressando sua individualidade através das melhores experiências de alto nível”, declara Sebastian Peck, diretor-presidente da InMotion Ventures.

O The Out é o mais recente de uma série de serviços de mobilidade compartilhada lançados pela InMotion, braço de capital de risco e serviços de mobilidade da Jaguar Land Rover.

Veículos elétricos

A partir de 2020, todos os novos veículos Jaguar Land Rover terão ao menos uma versão eletrificada. “Introduziremos um portfólio de produtos eletrificados em toda a nossa gama de modelos, englobando veículos elétricos, híbridos plug-in e híbridos leves, além de continuar oferecendo os mais recentes motores a diesel e a gasolina”, diz a empresa, em comunicado à imprensa.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta