Jaguar e BMW se unem pela eletrificação

Jaguar e BMW

Jaguar e BMW anunciaram nesta quarta-feira (05/06), acordo para o desenvolvimento de tecnologias de acionamentos elétricos.

As empresas desenvolverão conjuntamente a tecnologia e trabalharão para usar seu tamanho combinado para tornar as compras de componentes mais baratas. Mas cada empresa construirá seus próprios motores em suas próprias fábricas, no Reino Unido e na Alemanha.

Jaguar e BMW
i-Pace da Jaguar

De acordo com a BMW, engenheiros de ambas as empresas vão se instalar na Alemanha para pesquisar e desenvolver maneiras de melhorar o motor elétrico de quinta geração da BMW. Este motor, que contém eletrônica de transmissão e potência na mesma carcaça, não contém metais de terras raras. Isso torna a produção mais barata e mais ecológica do que outros motores sem escova da sua classe.

Jaguar e BMW
BMW i-3

A BMW, com seus veículos da série i, e a Jaguar com o I-Pace, criaram elétricos que foram bem recebidos pelo mercado e o fato de que ambas estarem trabalhando para aumentar ainda mais o poder e a eficiência de seus motores é uma boa notícia.

Tanto a BMW quanto a Jaguar estão de olho no ACES: Autônomo, Conectado, Elétrico e Mobilidade Compartilhada, o que se espera para o futuro do transporte. Esta revolução está forçando um número de montadoras a se unirem.

O Grupo Renault, por exemplo, está atualmente em negociações com a Fiat Chrysler Automobiles (FCA), o que criaria um gigante automotivo.

Da mesma forma, a BMW e a Toyota se uniram para construir o novo Supra como forma de reduzir pela metade os custos de P&D, enquanto a Ford e a VW estudam a parceria no co-desenvolvimento de veículos comerciais.

Uniões deste tipo parecem ser uma probabilidade cada vez maior, à medida que o mercado automobilístico segue o caminho da indústria de tecnologia. São muitos gigantes em busca de um espaço cada vez menor.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta