Iveco destaca versatilidade do blindado Guarani fabricado no Brasil

guarani

Na Defense & Security 2017, a maior feira de defesa e segurança da América Latina, que acontece de 4 a 7 de abril, no Riocentro, Rio de Janeiro (RJ), o VBTP Guarani, blindado fabricado pela Iveco Veículos de Defesa em Sete Lagoas (MG), se destaca por ser o veículo escolhido pelo Exército Brasileiro para seu projeto de modernização de frota.

Humberto Spinetti, diretor da Iveco Veículos de Defesa para a América Latina, ressalta que o Guarani se consolidou como um dos principais veículos blindados em sua categoria. “Utilizamos a experiência da marca para desenvolver e produzir um produto com alta tecnologia e com baixo custo de manutenção, sendo a versatilidade de sua aplicação um dos pontos chaves do projeto.”

A Iveco Veículos de Defesa, marca da CNH Industrial, tem origem italiana e mais de 75 anos desenvolvendo e fabricando soluções para as áreas de defesa e proteção civil. Com clientes em mais de 100 países, incluindo os países-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), a marca comercializa uma gama completa de veículos multifuncionais, blindados e para transporte de cargas e tropas.

A unidade de veículos de defesa instalada na cidade mineira é a primeira da Iveco fora do continente europeu. A fábrica é responsável pela produção do blindado Guarani. Uma pista de testes foi construída nesse complexo industrial exclusivamente para testar as capacidades operacionais do blindado.

Para produzir cada blindado são necessárias cerca de 3.200 horas de trabalho. Com capacidade para transportar até onze pessoas, o Guarani pesa 18 toneladas, possui tração 6×6, pode chegar a 110 km/h e tem função anfíbia. Além de ar-condicionado, apresenta uma série de inovações tecnológicas, como sistema automático de detecção e extinção de incêndio e baixa assinatura térmica, o que dificulta sua localização pelos inimigos.

A plataforma do blindado poderá ser usada como base para o desenvolvimento e produção de uma família de blindados em diferentes versões, entre as quais viaturas de reconhecimento, socorro, posto de comando, porta-morteiro e ambulância. O blindado tem motor FPT Industrial Cursor 9 Euro V. Trata-se de um propulsor de 8.7 litros que oferece redução de até 4,5% no consumo de combustível em relação ao antigo motor Cursor 8 Euro III. O Cursor “militar” foi configurado para desenvolver potência de 380 cv.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta