14 de abril de 2024

GreenV vai criar infraestrutura de recarga do e-Delivery da Volkswagen

e-delivery GreenV

A GreenV, que desenvolve tecnologias inteligentes em mobilidade elétrica, fechou acordo com a Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) para atender a clientes do VW e-Delivery, primeiro caminhão elétrico 100% desenvolvido, testado e produzido no país,  fornecendo a infraestrutrura para instalação de carregadores.

Em um primeiro momento serão duas versões de caminhões elétricos, apenas com diferenças nas capacidades e eixos. A primeira é o Volkswagen e-Delivery 11 toneladas 4×2, com peso de 10.700 kg e carrega até 6.320 kg de carga útil somada à carroceria. Já a versão do e-Delivery 14 toneladas 6×2 pesa 14.300 kg  já somada  à carroceria com capacidade de carga de até 9.055 kg.

O CEO da GreenV, Junior Miranda, explica que o acordo contempla o desenvolvimento de um projeto e execução da infraestrutura necessária à instalação de carregadores para viabilizar a mobilidade elétrica tanto nos  concessionários VWCO quanto para os frotistas. Com tudo instalado, são realizados testes da primeira recarga do sistema para garantir que esteja em perfeito funcionamento.

GreenV estações de recargas

“Nossa equipe está apta a fazer um levantamento completo e especializado da necessidade de infraestrutura, de acordo com as normas e especificações técnicas, visando otimizar o consumo de energia das empresas. Dessa forma, criaremos um projeto customizado”, destaca o executivo.

Os modelos conseguem percorrer até 250 kmcom uma única carga. E a recarga do caminhão, dependendo do carregador utilizado, pode chegar até 80% da bateria em 45 minutos. Além disso, sempre que o motorista pisar no freio ou desacelerar, as baterias são recarregadas automaticamente, recurso este considerado um dos trunfos do veículo – o famoso freio regenerativo.

Além da bateria, uma das novidades do e-Delivery está na suspensão.  O sistema pneumático conta com bolsões que se ajustam eletronicamente conforme a carga, maximizando a aderência ou diminuindo a resistência ao rolamento, além de gerar mais economia no dia a dia.

Os modelos da VWCO custam entre R$780 mil e R$980 mil e apesar do segundo modelo ser mais caro, acaba compensando a diferença em relação aos equivalentes a diesel em cerca de 5 anos. 

O e-Delivery tem diversas funcionalidades que auxiliam o motorista e trazem uma melhor performance para o caminhão:

Inclinômetro –  Sensor de inclinação que analisa a condição topográfica e envia a mensagem para o motor de forma automática. Em conjunto com o sistema auxiliar de partida em rampa (HSA).

Sensores eletrônicos –  Monitoram constantemente a trajetória do veículo e indicam qualquer potencial redução na aderência dos pneus ao solo,  ativando automaticamente os freios de roda e ajustando o torque do motor, até que se recupere o atrito e o controle do movimento.

Baterias –  Além do gerenciamento de desempenho e fluxo da energia, há um controle térmico específico, desenvolvido exclusivamente para o e-Delivery, que se traduz em um robusto sistema de resfriamento a água com controle de temperatura para prolongar sua vida útil.

Cabine – O conforto na cabine é gerenciado por sistemas inteligentes. Os sistemas de ar condicionado e aquecedor são independentes e com desempenho otimizado.

“A escolha fica a cargo do cliente, de acordo com sua disponibilidade de tempo de recarga e custo. Temos carregadores com diversas capacidades, que podem carregar vários veículos simultaneamente, todos testados e aprovados para trabalhar em perfeita sintonia com o e-Delivery, visando entregar o melhor resultado”, afirma Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Serviços da VWCO.

Segundo Miranda, a expectativa é que esse serviço facilite a transição dos clientes para frotas elétricas. “Isso contribui para a otimização da operação das empresas que estão investindo no caminhão e-Delivery, veículo zero emissões, para alcançar  suas metas e objetivos ambientais”, ressalta o empresário.

Sobre A GreenV

Fundada em 2021, a GreenV, depois de receber um aporte de 22 milhões de um fundo norte americano, passou a focar exclusivamente em soluções inteligentes para mobilidade elétrica. A companhia já foi responsável pela instalação de mais de 2.000 pontos de recarga, em 24 estados brasileiros e recentemente anunciou uma nova parceria para mais 350 pontos. Além do aumento de pontos de recarga, a startup já tem em seu planejamento estratégico de desenvolvimento mais de 70 inovações que serão lançadas no mercado brasileiro até 2025, com base na Metodologia da Aceleradora de startups 10X Digital.