Great Wall confirma interesse na FCA

Great Wall motors confirma interesse na Jeep

A Great Wall Motor Company, uma das maiores montadora da China, confirmou que está interessada na aquisição da FCA, sem dar detalhes se quer adquirir a FCA como um todo ou somente a marca Jeep.

Por outro lado, a FCA distribui durante a última semana, comunicados em resposta aos rumores de mercado, afirmando que o grupo não foi abordado pela Great Wall Motors em relação com a marca Jeep ou qualquer outra questão relacionada ao seu negócio. Afirma ainda que de tempos em tempos, “a FCA pode receber indagações sobre possíveis transações estratégicas e avaliará tais consultas de acordo com suas obrigações para as partes interessadas. Por uma questão de política, a FCA não comenta rumores de mercado e, portanto, não pretende comentar mais sobre quaisquer dúvidas.”

Ainda assim, os comentários da Great Wall indicam o interesse contínuo da China em se tornar uma força global na indústria automobilística. Os fabricantes de automóveis chineses mostraram interesse em se expandir fora do mercado doméstico nos últimos anos, e a maneira mais rápida de fazer isso seria adquirir um fabricante de automóveis existente.

A Fiat Chrysler se tornou uma opção a ser considerada porque Sergio Marchionne, CEO do grupo, mostrou interesse em encontrar um comprador. Com um valor de US $ 19 bilhões no mercado de ações, o negócio poderia ser atraente para a montadora chinesa.

A montadora possui as marcas Chrysler, Dodge, Ram e Jeep, bem como as marcas Fiat, Alfa Romeo e Maserati na Europa. A Jeep, em especial, tem uma forte ligação com a China, uma vez que foi uma das primeiras marcas estrangeiras a entrar no país, inicialmente enviando peças para montagem no final da década de 1970, antes que uma joint venture chamada Beijing Jeep fosse criada em 1983.

A FCA pode ser mais uma, na longa lista de empresas ocidentais, que viram empresas chinesas absorverem suas tecnologias e se tornarem concorrentes globais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta