Gol foi a companhia mais pontual no Brasil em 2016

Gol Linhas Aéreas

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes, o maior grupo de serviços de transporte e viagens aéreas do Brasil, informa que foi a aérea mais pontual em 2016 no mercado brasileiro com índice de 84,63%, de acordo com dados da OAG (Official Airline Guide), empresa especializada e independente para monitoramento de pontualidade mundial, que rastreou mais de 54 milhões de voos em todo o mundo. Além da liderança no Brasil, a GOL registrou o segundo lugar entre todas as companhias aéreas de baixo custo, e também ficou com a décima-terceira colocação entre as principais companhias aéreas mundiais.
Além da conquista na avaliação da OAG, a GOL manteve pelo quarto ano consecutivo a liderança em pontualidade, com índice de 94,77% dos voos decolando no horário previsto, de acordo com os dados da Infraero. A entidade brasileira considera atrasos na partida superiores a 30 minutos, tendo neste período a companhia realizado mais de 230 mil voos.

“Este resultado é fruto da evolução constante de desempenho operacional da GOL e foi obtido através do investimento em pessoas, processos e sistemas, que estão de acordo com o compromisso da Companhia na manutenção e melhoria da pontualidade – fator este de extrema importância na satisfação e preferência dos clientes. Continuaremos com os investimentos em soluções inteligentes e eficazes, de modo a manter a pontualidade de nossas operações, mitigando impactos ocasionados por diferentes fatores que influenciam a operação, como uma condição meteorológica adversa por exemplo”, afirma Sérgio Quito, vice-presidente de operações da GOL.

Frequentemente, a GOL avisa os passageiros sobre a pontualidade de seus voos via mensagem de voz dentro da aeronave e investe em outras frentes para garantir mais agilidade e comodidade durante todas as etapas da viagem. Além disso, a companhia trabalha internamente com a meta de zero minuto de atraso, para garantir o máximo  controle da eficiência operacional.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta