Ford inicia produção de vans elétricas para DHL

vans elétricas para a DHL

A Ford começou a produção de vans elétricas para a DHL. A StreetScooter WORK XL, fabricada na planta da montadora em Colônia, na Alemanha, é baseada no chassi da Transit, e tem motor elétrico e carroceria projetados e construídos de acordo com as especificações da marca StreetScooter, fabricante alemã de veículos elétricos. A Ford e o grupo Deutsche Post DHL, em cooperação com a StreetScooter,  são pioneiros na eletrificação de veículos para entregas, com capacidade de produção anual de 3.500 unidades.

vans elétricas para a DHL

A WORK XL é a maior van de entregas do portfólio da StreetScooter, com volume de carga de 20 m³, espaço para mais de 200 pacotes, e uma carga útil de até 1.275 kg. A Ford fabricará a van com uma variedade de motores elétricos e baterias de íons de lítio, fornecendo até 90 kW (122 cv) e torque máximo de 276 Nm. Com capacidade de bateria de até 76 kWh, a WORK XL tem autonomia de até 200 quilômetros. Em comparação com os modelos a diesel, cada furgão elétrico oferecerá uma redução nas emissões de CO2 de 5 toneladas por ano e uma economia de 1.900 litros de combustível.

A Deutsche Post DHL está usando a van para apoiar seu serviço de entrega de encomendas urbanas na Alemanha, mas também considera oferecer o veículo elétrico para clientes terceirizados.

“Com a Ford, encontramos o parceiro ideal, que entende nossa forma de produção flexível voltada para o cliente. Juntos, estamos promovendo a eletromobilidade na Alemanha e tornando o tráfego de entrega nas cidades mais ambientalmente amigável e silencioso. Com a WORK XL StreetScooter, agora temos a van perfeita para entrega de encomendas em áreas metropolitanas, que no futuro também beneficiarão outras empresas de transporte “, disse Achim Kampker, CEO e fundador da StreetScooter.

Motores elétricos terão um papel fundamental na linha de produtos europeus da Ford. A empresa está investindo € 9,5 bilhões e planeja entregar 16 veículos totalmente elétricos dentro de um portfólio global de 40 modelos eletrificados até 2022.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta