21 de abril de 2024

Fiat Topolino renasce elétrico e sustentável

Fiat Topolino

Alguns modelos de carros fazem parte da história e um desses veículos é o Fiat Topolino. A marca italiana recuperou este nome para sua nova solução de mobilidade urbana sustentável.

O quadriciclo Fiat Topolino 100% elétrico pretende contribuir com a mobilidade urbana elétrica ao oferecer uma versão acessível e 100% elétrica.

Fabricado pela FIAT de 1936 a 1955, o Fiat 500, comumente conhecido como “Topolino”, literalmente inventou a ideia de mobilidade urbana para as massas.

O novo Fiat Topolino incorpora o espírito Dolce Vita e da Fiat. O novo quadriciclo é um dispositivo de mobilidade elétrica projetado para um público amplo, incluindo clientes jovens, famílias e amantes da cidade.

Fiat Topolino

Com cordas no lugar das portas e pintura verde menta, o Topolino tem retrovisores arredondados e teto solar de lona, um toque saudosista no “ratinho” elétrico que tem autonomia de até 70 km e velocidade máxima de 45 km/h. O novo quadriciclo deve ser efetivamente lançado até o fim deste ano.

É perfeitamente adequado para a cidade e para quem procura uma solução de mobilidade urbana sustentável e acessíveis a todos.

Neste sentido, o minicarro se candidata a ter um  papel socialmente ativo na promoção da mobilidade pessoal e elétrica nas cidades.

O Fiat Topolino retorna ao mercado como uma adaptação do seu primo francês, o Citroën Ami. Ambos são homologados como quadriciclos no mercado europeu. Por isso, não têm portas, não precisam de carteira de habilitação e podem ser dirigidos por pessoas de 14 anos sem restrições. Alguns outros países exigem no mínimo 16 anos para a condução.

Sobre valores, o Citroën Ami hoje custa até 8,9 mil euros na Europa (R$ 47 mil). Portanto, é possível que o Fiat Topolino chegue às lojas por um preço semelhante ao do primo francês. Com incentivos fiscais, o valor pode cair para menos de 7 mil euros (R$ 40 mil).