DHL amplia uso de veículos elétricos na Europa

streetscooter

A DHL Express implantou seu conceito City Hub – entregas ambientalmente amigáveis –, na cidade de Haia, na Holanda, com um plano piloto envolvendo veículos elétricos. A cidade também verá a primeira experiência com a van de entrega elétrica StreetScooter.

 

O StreetSccoter tem autonomia para rodar até 80 quilômetros

A StreetScooter, uma startup fundada em 2010, foi adquirida pela DHL em dezembro de 2014 como parte do plano da empresa de substituir  furgões alimentados a diesel por veículos elétricos em sua frota. Na ocasião, a DHL anunciou sua intenção de comercializar os produtos para outros potenciais clientes a partir de 2017.

Aos modelos atuais da StreetScooter, o Work e o Work L, irá se juntar uma nova van elétrica, que será construída em parceria com a Ford. A união de forças com a montadora, anunciada há alguns meses, resultou no novo modelo, o Work XL, que será construído sobre um chassi Ford Transit e será produzido nas instalações da StreetScooter em Aachen, na Alemanha.

 

Work XL, da DHL, construído sobre chassi da Ford Transit

A DHL informa que o Work XL trabalhará em cidades maiores e que também planeja usar os carros StreetScooter em outros países europeus. O StreetScooter XL pesará 4.250 kg, em comparação com os 2.650 kg do antecessor. A autonomia dos modelos atuais é de 80 km e o alcance do XL dependerá da bateria, que variará de 33 a 96 kWh.

Steven Armstrong, vice-presidente do grupo e presidente da Europa, Oriente Médio e África da Ford Motor Company, disse: “A e-Mobility e as soluções inovadoras de tráfego para áreas urbanas são focos-chave para nós enquanto transformamos nossos negócios para enfrentar os desafios futuros”.

Jürgen Gerdes, membro do conselho executivo da Deutsche Post AG, acrescentou: “Considero essa parceria outro impulso importante para a eletromobilidade na Alemanha. Isso aliviará as cidades e aumentará a qualidade de vida das pessoas. Continuaremos trabalhando em logística completamente neutra em carbono “.

O City Hub

O conceito City Hub foi lançado pela primeira vez em março de 2017 em Utrecht, Holanda, e em Frankfurt, na Alemanha. Os planos pilotos nessas cidades ligaram o DHL Cubicycle – bicicletas que podem transportar uma carga de até 125kg – com um trailer com até quatro contêineres. Um furgão leva o trailer para o centro da cidade, onde os contêineres podem ser descarregados rapidamente para os Cubicycles para entrega na última milha.

 

DHL Cubicycle – bicicletas que podem transportar uma carga de até 125kg

 

O projeto na cidade de Haia terá um StreetScooter e um Nissan e-NV200 assumirá a entrega da última milha de até três recipientes cada. Combinado com caminhões maiores de 7,5 toneladas, que podem trazer um maior número de recipientes de 125 kg para o centro da cidade, isso tornará o transporte mais operacional e ambientalmente eficiente.

“Como um passo na nossa jornada de longo prazo para reduzir as emissões para zero até 2050, a DHL estabeleceu o objetivo de operar 70% dos serviços de entrega da primeira e última milha com modos de transporte limpos em 2025. O conceito do City Hub é uma maneira inovadora em que a DHL está contribuindo para esse objetivo “, disse John Pearson, CEO da DHL Express Europe.

 

 

“Com o uso simples de contêineres padronizados, o City Hub é uma solução flexível que nos permitirá introduzir mais veículos elétricos e bicicletas nas rotas do centro da cidade. Isso, por sua vez, nos dará uma vantagem competitiva ainda mais precisa à medida que mais e mais cidades ao redor do mundo se concentrem na promoção de sistemas de transporte sustentáveis ​​e a concorrência se intensifique entre as empresas de entrega na última milha”.

Os contêineres padronizados utilizados no conceito City Hub combinam as dimensões de um palete padrão e podem ser transferidos de forma mais fácil e rápida entre os diferentes modos de transporte dentro da rede. Isso garante velocidade e confiabilidade adicionais nas operações de entrega da última milha da DHL para documentos e pequenos pacotes. A configuração de picape do StreetScooter e do Nissan e-NV200 também garante que cada um dos três recipientes possa ser facilmente acessado do lado do veículo pelo motorista.

Os veículos elétricos oferecerão uma maior variedade e capacidade para entregas em maiores distâncias dentro da cidade. Enquanto o piloto inicial em Haia envolverá veículos elétricos, a empresa também planeja adicionar Cubicycles para entregas em distâncias ou rotas mais curtas com congestionamento mais pesado.

Cada veículo novo ou Cubicycle substituirá um veículo de entrega padrão único em média. Todo veículo de entrega padrão retirado das ruas pela DHL gera uma redução equivalente a mais de oito toneladas por ano de CO2 e uma redução significativa em outras emissões.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta