Algoritmos ajudam Scania a traçar estratégias para operadores do transporte

Conectividade da Scania

De todos os serviços desenvolvidos pela montadora para atender sua rede de clientes, o sistema de conectividade da Scania, voltado à melhoria da produtividade, foi o que mais chamou a atenção durante a apresentação da nova geração de veículos. Em pouco tempo de oferta, a empresa consegue a rápida adesão de clientes e prevê que os novos caminhões terão serviços de conectividade acima de 50% das vendas.

Além disso, a Scania usa a inteligência artificial para fortalecer os seus negócios. Algoritmos vêm coletando dados dos veículos Scania em operação há muitos anos em todo o mundo para, a partir dos novos tempos, ajudar a customizar as soluções ao analisar os diferentes perfis dos clientes.   

Com as novas tecnologias da informação, os serviços crescem tanto que geram uma nova receita para empresas antes focadas apenas da industrialização de veículos. Por dominarem as informações geradas na central dos veículos, fabricantes vêm na telemetria e conectividade uma grande fonte de renda para seus novos modelos de negócio.

A Scania afirma ter hoje a melhor ferramenta do mercado para ajudar o operador a controlar sua frota, melhor a produtividade e eficiência dos seus motoristas, além de programar a manutenção e aumentar a disponibilidade dos veículos por ela produzidos. Ao diminuir desperdícios, a frota pode ser redimensionada e gerar mais lucros.

“Hoje temos a melhor solução do mercado”, disse Fábio Souza, diretor de operações comerciais da Scania no Brasil. O executivo não descarta a possibilidade de o sistema da montadora incorporar outras funções, como rastreamento e roteirização, entrando na concorrência com empresas que já oferecem esses produtos no mercado.

O sistema da Scania consegue segregar a área de atuação de um operador, gerando dados em tempo real que corrigem eventuais falhas. O motorista é acompanhado o tempo todo e motivado a mudanças de hábitos em busca de maior eficiência. No caso de um cliente, a reorganização do abastecimento dos veículos gerou muito maior disponibilidade da frota.

 “Não é só um veículo que chega para revolucionar o mercado, mas a forma a de comercializar a nova geração será muito diferente a partir de agora pela rede Scania”, diz Roberto Barral, vice-presidente de Operações Comerciais da Scania do Brasil.

Para ele, a profundidade do uso inteligente de dados é o fator que provoca mudanças na gestão do transporte. Por isso, a fabricante concentrou sua experiência em caminhões e soluções de transporte para seguir num mundo em rápida transformação tecnológica e comunicação instantânea.

A ferramenta é o resultado de anos de trabalho de compilação, analise e consolidação de conhecimento e percepções dos clientes na multifacetada indústria do transporte. Por mais de dez anos, a Scania coletou informação de milhares de veículos rodando e trabalhando pelo planeta.  

Isso lhe dá um poder imenso de seguir com a melhoria continua de seus produtos e traçar os melhores caminhos para os seus clientes do transporte de cargas e de passageiros em todos os mercados nos quais atua.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta