Comil faz sua primeira venda à Viação 1001

Comil faz sua primeira venda à Auto Viação 1001

A Comil concretizou sua primeira venda de ônibus para a Auto Viação 1001, do grupo JCA: um rodoviário modelo Campione Invictus Double Decker (dois pisos), encarroçado sobre chassi Scania 8×2, de 15 metros. O veículo foi totalmente customizado para atender às exigências do cliente, de acordo com as necessidades de sua operação.

“Antes de fazermos o carro, recebemos o pessoal da área técnica do cliente para nos orientar sobre as reais necessidades. Então, este é um carro novo, nós desenvolvemos o projeto todo voltado para atender a tudo o que é crucial para o grupo JCA e o veículo vem com todo o conforto e luxo”, explica Leonardo de Moraes Soares, gerente de vendas da Comil.

Por fora, o ônibus é muito parecido com os demais carros do mesmo modelo, mas toda a configuração interna foi reprojetada: divisão de bagageiro, assentos inferiores e superiores, tomadas USB em todas as poltronas, wireless, ar-condicionado, monitores, tudo feito especificamente para adaptar o modelo às características da operação da 1001. As poltronas também foram customizadas, hoje a Comil está confeccionando os assentos em sua própria fábrica. E esse ônibus tem mais uma particularidade: o banheiro foi alocado no piso superior, no fundo do veículo, o que não é comum no mercado; geralmente o banheiro dos modelos DD fica na parte de baixo.

Comil faz sua primeira venda à Auto Viação 1001

“Esperamos que esta seja a primeira de muitas outras unidades. Agora estamos aguardando o cliente testar e nos dar o retorno”, diz Soares. O Invictus da 1001 foi exposto no estande da Comil na Lat.Bus – Feira Latino-Americana do Transporte, realizada em São Paulo.

Também foi feito um trabalho especial nessa unidade para isolamento do barulho do motor, com uma vedação superior, já que é uma das preocupações do grupo JCA evitar que o ruído do chassi incomode os passageiros. “Nós gostamos desses desafios, porque sempre crescemos com isso. Esse tipo de demanda do cliente traz uma experiência nova para nossa engenharia e para nossa fábrica e o produto fica mais valorizado, o carro vai evoluindo e podemos oferecer novas opções para os demais clientes”, afirma Deoclécio Corradi, presidente da Comil.

A produção desse ônibus envolveu mais de 2.000 ordens de serviço, entre produtos a comprar e produtos a fabricar. “É bastante trabalhoso”, atesta Corradi. Mas o tempo de fabricação não foi muito maior do que o registrado nos demais modelos, em média 25 dias úteis.

Mercado

A Comil tem produzido cerca de um Doble Decker por dia, entregou perto de 140 veículos DD neste primeiro semestre de 2018. No segmento rodoviário, as vendas da Comil ficaram 38% acima do primeiro semestre do ano passado. A encarroçadora já tinha uma boa fatia de vendas para o mercado externo e sempre atendeu expressivamente o segmento de fretamento e turismo, mas, segundo Soares, recentemente começou a crescer o volume de encomendas de grandes frotistas, para linhas rodoviárias, a exemplo da 1001, da Sampaio, da Expresso Nordeste e da Santa Cruz.

“O mercado se comportou bem neste primeiro semestre, tivemos um bom crescimento em comparação ao ano passado e nossa expectativa é continuar com uma produção média de cinco carros por dia até o final do ano”, prevê Corradi. Neste segundo semestre de 2018, a empresa espera repetir o desempenho dos primeiros seis meses, talvez reforçando um pouco mais a exportação.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta