Com queda de ações, Tesla é ultrapassada por Ford e GM

tesla

As ações da Tesla Motors voltaram a cair em mais um dia difícil para a empresa de Elon Musk. Na bolsa de Nova York, a companhia viu seus papéis terem baixa de 5,13% – o que levou seu valor de mercado para US$ 42,6 bilhões, sendo ultrapassada pela tradicional montadora Ford em valor de mercado, informa a Reuters.

Na segunda-feira, 2, a Ford fechou o pregão valendo US$ 43,1 bilhões. Na semana passada, a empresa de Musk já havia sido ultrapassada pela GM, que encerrou o dia valendo US$ 50,2 bilhões.

 

A queda desta segunda-feira foi motivada por notícias publicadas na imprensa americana de que a Tesla não estava conseguindo manter o ritmo de produção desejado para o Model 3, seu veículo mais barato e considerado como crucial para a lucratividade de longo prazo da montadora.

Segundo a imprensa especializada em automóveis nos EUA, a produção do veículo não ultrapassará 2 mil carros por semana, 500 a menos do que previsto e anunciado pela Tesla.

Com as ações em queda, a Tesla tentou acalmar o mercado dizendo que a fabricação do novo modelo é a principal prioridade da empresa. Mas analistas duvidam que a fabricante conseguirá sustentar suas metas.

A Tesla vem sofrendo com problemas de produção do modelo desde julho de 2017, quando ele foi lançado. O não cumprimento de metas, fez com que a Moody’s rebaixasse a nota da empresa na semana passada – desde então, a Tesla perdeu US$ 9 bilhões em valor de mercado.

De acordo com a agência, os principais motivos para o rebaixamento da empresa é o número de Model 3 produzidos e problemas de liquidez da empresa, que queima caixa todo ano, além dos títulos de dívidas conversíveis vencendo em novembro de 2018 (US$ 230 milhões) e março de 2019 (US$ 920 milhões).

Além disso, a empresa também está sendo afetada com a repercussão de um acidente fatal envolvendo um Model 3, ocorrido na semana passada.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta