Cidade de São Paulo chega a 4 mil novos ônibus em 32 meses

A marca de 4 mil novos ônibus foi atingida com a entrega das últimas unidades, de um total de 120 ônibus Volvo, vendidos este ano para a Santa Brígida, operador privado de transporte de passageiros da capital paulista.

Os novos veículos são do modelo Padron B250RLE, de 12,6 metros, e vão operar em linhas da região Noroeste da cidade.

A frota do município de São Paulo conta hoje com cerca de 14 mil ônibus e gradativamente tem sido renovada. Desde janeiro de 2017 o sistema recebeu 4 mil novos ônibus, reduzindo sua idade média para pouco mais de cinco anos, número próximo ao exigido pela última licitação.

Deste total, o sistema possui 13.865 veículos acessíveis, o que representa um percentual de 98,48% de acessibilidade.

4 mil novos ônibus

Com a nova compra, a Santa Brígida tornou-se o maior operador urbano mundial do B250R, com uma frota de 230 ônibus. Encarroçados pela Caio, os veículos têm motor de alto torque e baixo consumo de combustível, sistema de freios eletrônicos e a disco e a tecnologia I-Coaching, que ajuda o motorista a economizar combustível. Com carroceria modelo Millenium Padron e ar condicionado¸ as novas unidades de São Paulo são todas na versão piso baixo. 

“Participamos do desenvolvimento desse modelo, testando um protótipo antes mesmo do lançamento mundial. Fizemos sugestões e a Volvo introduziu muitas melhorias nesse chassi, que está fazendo médias de combustível muito boas em nossa frota”, destaca Antonio Carlos Lourenço Marques, diretor de manutenção da Viação Santa Brígida.

A empresa é responsável pelo serviço prestado em 82 linhas de ônibus, as quais transportam, em média, 491 mil passageiros em dias úteis e atendem bairros como Pirituba, Lapa e Casa Verde. A frota da Santa Brígida é de 770 veículos, 56% deles da marca Volvo, com idade média de três anos, dos quais 354 foram entregues nos últimos anos. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta